DIOCESE DE SOBRAL

 

“Dar-vos-eis Pastores segundo o meu coração” (Jr 3,15).

 Exortações aos padres e aos fiéis por ocasião da posse dos novos párocos e administradores paroquiais

Prezados Diocesanos, Saúde e Paz em Cristo Jesus Nosso Senhor! Desejo-vos um Ano Santo vivido na Misericórdia do Pai.

É nosso dever de Pastor Diocesano prover o povo de Deus de pastores que os guiem com zelo pastoral no caminho da salvação.

Sabemos que as transferências dos párocos mechem com as comunidades paroquiais, por isso consideramos necessários alguns esclarecimentos e exortações:

Primeiro esclarecemos que as transferências e nomeações foram fruto ou de pedido explícito da parte do padre ou de profundo diálogo com os padres envolvidos, realizado num clima de liberdade e plena aceitação, visando ao bem da Igreja;

Segundo que, antes de fazermos as nomeações, consultamos membros do Colégio de Consultores e outros padres experientes uma vez que o Conselho Presbiteral, por questões pastorais e administrativas, ainda não foi constituído;

Terceiro: faço votos e súplicas que os nossos diocesanos acolham seus novos pastores com alegria e disponibilidade para com eles colaborarem na edificação do Reino de Deus. O padre santifica o rebanho e o rebanho santifica o padre.

Para os padres temos as seguintes exortações:

  1. Que dediquem-se com amor e ardor missionário às novas realidade que lhes estão sendo confiadas. “Sede pastores do rebanho de Deus, confiado a vós; cuidai dele, não por coação, mas de coração generoso; não por torpe ganância, mas livremente; não como dominadores da herança a vós confiada, mas antes, como modelos do rebanho”. (1 Pd 5, 2-3)
  2. Levem em consideração a caminhada pastoral, missionária e formativa das comunidades. Não as considerem “tábulas rasas”. Valorizem os talentos e carismas das pessoas e comunidades que nelas vivem e o empenho e a construção dos seus antecessores;
  3. Que só se refiram a seus antecessores para elogiá-los. De um sacerdote, ou falar bem ou calar.
  4. Que não limitem a ação pastoral à administração dos sacramentos, mas invistam na formação permanente dos leigos e acolham, com amor paternal, os diferentes carismas suscitados no coração dos fiéis e grupos reconhecidos pela Santa Mãe Igreja;
  5. Que, em colaboração com os leigos, façam um Plano Pastoral Paroquial, levando em consideração as propostas e encaminhamentos da última Assembleia Diocesana de Pastoral.

Quantos aos fiéis exortamos nos seguintes aspectos:

  1. Sejam dóceis aos seus pastores. Ouçam-nos, rezem por eles, colaborem com eles para que o Evangelho de Jesus seja anunciado e vivido em todos os recantos do mundo;
  2. Evitem comparações entre o atual Pároco e o anterior. Ninguém é igual. Cada um tem seu jeito próprio de conduzir o rebanho. Não teçam comentários desfavoráveis com o pároco anterior a respeito do novo pastor ou vice versa.
  3. Busquem o diálogo e a correção fraterna. Abertura, clareza, sinceridade e doação à causa do reino devem ser características dos pastores e do rebanho.
  4. Busquem e cobrem dos pastores, formação permanente para bem servir ao Reino com maior eficácia.
  5. Levem uma vida sacramental e lembrem-se das palavras dos dois últimos Papas: “O cristianismo cresce não por propaganda, por proselitismo, mas por atração!” Isto é, o cristianismo cresce por testemunho de vida fraterna;
  6. Na medida do possível, colaborem não apenas com o trabalho pastoral, mas, segundo suas condições, também com a ajuda financeira para prover as necessidades da Paróquia.

Agradeço de todo coração o louvável empenho pastoral que cada sacerdote realizou nestes anos à frente de sua respectiva Paróquia. A transferência não é uma promoção, muito menos uma punição, é uma necessidade da Igreja que vive em Estado Permanente de Missão.

Contem todos com as minhas orações, meu apoio e zelo pastoral! Deus os abençoe e os ilumine sempre!

Ide! Anunciai com alegria o Evangelho da Salvação para que todos sejam um! Assim seja!

Fraternalmente:

 

+ José Luiz Gomes de Vasconcelos

Bispo Diocesano de Sobral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: