Uma paróquia missionária

Um dos aspectos mais evidentes da Igreja nos últimos tempos é a sua missionariedade. O Papa Francisco, desde o início de seu pontificado, insiste no fato de que a nossa essência, como Igreja, deve ser a MISSÃO. Ele nos pede que “redescubramos hoje toda a beleza e a responsabilidade de ser Igreja apostólica”.

Em nossa diocese, uma das urgências propostas no Plano Diocesano de Pastoral é promover a “Igreja em estado permanente de missão”. Nesse quesito, vem se destacando a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, que no segundo domingo de cada mês realiza missão permanente em uma de suas comunidades.

Neste mês, por exemplo, a missão foi realizada nos bairros que compreendem a sede da paróquia. A programação sempre se inicia com a Santa Missa e um café-da-manhã partilhado. Chegam a participar mais de cem missionários, entre religiosas, seminaristas, ministros, catequistas, casais, jovens e membros dos diversos movimentos e pastorais da paróquia, que tem em comum o ardor pela missão. A motivação do pároco, Padre Fábio Soares, contribui bastante para o entusiasmo missionário dos paroquianos. Ele também participa das missões visitando os idosos e enfermos. Ao final, quando as equipes se reencontram ocorre um momento de partilha de experiências.

É louvável esse trabalho realizado pela Paróquia Coração de Jesus. Uma paróquia que abraçou a causa da evangelização e exemplifica bem a Igreja enlameada e acidentada que vai ao encontro das pessoas, a “Igreja em saída”. É somente nas visitas porta a porta, no contato com os mais pobres, na escuta de suas lamúrias e sofrimentos que se consegue atualizar a mensagem do Evangelho para o contexto atual.

Por Ygor Sampaio – seminarista propedêutico

%d blogueiros gostam disto: