Mirian Maia Goersh

Cantinho-da-Saudade---Mirian-Goersch---foto1

Se viva estivesse, no domingo (6) esta grande mulher estaria recebendo cumprimentos pelo transcurso de 87 anos bem vividos, maior parte deles em prol da educação de qualidade. Nas palavras da Professora Giovana Saboya, “Mirian Gersch é, inquestionavelmente, uma legenda de vida dedicada ao trabalho, que a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) ostentará com gratidão e respeito. O seu compromisso com o trabalho deve ser citado como paradigma aos servidores públicos, tão carentes de estímulo”. Mirian Goersch deixou marcas indeléveis na educação, sendo identificada por quem acompanhou sua trajetória como uma das mais importantes educadoras da região.

Nascida em Fortaleza (CE) no dia 06 de março de 1929, Mirian Maia Goersch era filha da cearense Benedita Maia Goersch e de Jorge Goersch, alemão que se mudou para o Brasil por motivo da Primeira Guerra Mundial.

Ela fez os estudos iniciais (Primário) na Escola Justiniano de Serpa, em Fortaleza (CE); Estudos Secundários: Propedêutico (1942-1945) na Escola Técnica de Comércio do Ceará, em Fortaleza (CE). Em 1950 sua família transferiu residência para Sobral, tendo em vista seu pai ter vindo trabalhar na extinta Companhia Industrial de Algodão e Óleo (CIDAO).

Nesta cidade Mirian concluiu o Curso Técnico em Contabilidade (1964 -1966), na Escola Técnica de Comércio Dom José, e o Pedagógico (1979-1981), no Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota. Atingiu o Curso Superior e em 1970 licenciou-se em Letras na Faculdade de Filosofia Dom José de Sobral. Em 1988 fez Pós-Graduação, com especialização em Metodologia do Ensino Superior na UFC/UVA/CAPES. Através de concurso público Mirian Goersch tornou-se Técnica de Treinamento da Secretaria de Educação do Estado do Ceará, conforme publicado no D.O.E, de 28.04.1982.

Antes de fixar-se definitivamente na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), a professora também teve brilhante atuação lecionando em diversas instituições em Sobral e de outras cidades: Colégio Sant Ana; Ginásio de Aplicação; Colégio Estadual Dom José  Tupinambá da Frota de Sobral (Portaria 14.10.1964); Grupo Escolar Anastácio Alves Braga (Portaria de 01.09.1955); foi professora do Curso  Especial de Formação Pedagógica desde 1966; Curso de Pedagogia em Regime Especial desde 1996; Curso de Habilitação de Professores em Regime Especial desde 1999 e Curso de Pedagogia – aceita pelo Parecer  531/84 do Conselho de Educação do Ceará.

Sua marcante participação também pode ser comprovada em outras funções e instituições, como Faculdade de Filosofia Dom José de Sobral – Secretária geral (1972-1984); Diretora do Departamento de Pessoal (1980-1984); Diretora Administrativa do Ginásio de Aplicação (1980); Membro da Comissão Executiva de Vestibular; Coordenadora dos Cursos Parcelados (1985-2000).·.

Na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) foi Diretora do Departamento de Ensino e Graduação DEG dos Cursos: Pedagogia em Regime Especial; Habilitação de Professores em Regime Especial e Curso Especial de Formação Pedagógica.

A notável professora não chegou a se casar, mas deixou uma filha biológica chamada Fernanda Goersch, hoje residindo na capital cearense. Apaixonada por livros, Mirian era mulher dinâmica, atualizada, simples, de fino trato e chamava atenção porque gostava de andar sempre elegante e bem perfumada. Tinha como passatempo preferido seu trabalho na Universidade.

Para muitos era tido com um tipo inesquecível de mãe e professora exemplar. Além de determinada, era extremamente humana, solidária e uma mulher de muitas lutas, voltada totalmente para a educação.  O acadêmico Dr. João Edson Andrade, assim escreveu sobre a colega de magistério e grande amiga: “Sentencia a sabedoria popular, através do provérbio, que é impossível agradar-se a gregos e troianos. A Professora Mirian é uma exceção. Constitui-se ela uma unanimidade”.

Já o saudoso Professor Edinardo Silveira dizia que sua colega era “a cara da UVA, confundia-se com a história e a própria vida da Universidade”. Com muita justiça, Mirian merecia, além dos títulos oficiais, outros de caráter carinhoso, tais como: “Professora Emérita da UVA”, “Decana da Universidade”, “Musa da UVA”, “Professora Número” e outros mais.

Mirian Maia Goersch faleceu em Fortaleza aos 76 anos, no

dia 29 de maio de 2005. Acha-se sepultada no cemitério São Francisco – bairro do Junco, em Sobral (CE), onde também foram enterrados seus pais.

A Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) a homenageia na Ala Professora Mirian Maia Goersch, inaugurada em 2005 pelo então Reitor José Teodoro Soares. A Ala consta de três salas de aula com capacidade para sessenta alunos cada uma, além de área de circulação.

UMA PRECE PELA ALMA DE MIRIAN MAIA GOERSCH

Cantinho-da-Saudade---Mirian-e--amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: