Congresso Diocesano prepara jubileu de ouro da Renovação Carismática no Brasil

Programação contará com louvor, pregação, adoração e Santa Missa. Evento será realizado nos dias 30 de junho e 1º de julho no Centro de Convenções de Sobral

Com o tema “Eis que estou a porta e bato”, o Congresso Diocesano da Renovação Carismática Católica (RCC) da Diocese de Sobral será realizado nos dias 30 de junho e 1º de julho no Centro de Convenções de Sobral (Av. Dr. Arimatéria Monte e Silva, 300 – Campo dos Velhos). As inscrições custam R$ 15 e podem ser feitas antecipadas com os coordenadores de grupos de oração ou no local do evento. A expectativa é alcançar 600 participantes, capacidade máxima do local. O Congresso prepara a Diocese para vivenciar o jubileu dos 50 anos da RCC no Brasil cujo tema no próximo ano será “Comunhão Fraterna”. A preparação já dura três anos. No ano passado, foi trabalhado o tema “Pentecostes Perene” e este ano, “Conversão Sincera”. Na Diocese de Sobral, a Renovação existe há 37 anos e no Ceará, há 43 anos.

A programação do Congresso Diocesano contará com louvor, pregação, adoração e Santa Missa. No sábado, 30, as atividades terão início às 8h e seguem até às 19h. No domingo, 1º de julho, será de 8h às 13h. O pregador oficial é o Pe. José Leandro da Diocese de Iguatu. A santa missa de encerramento será presidida pelo bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos.

Também estarão presentes ao Congresso o professor de filosofia e Coordenador do Ministério de Fé e Política da RCC Ceará, Elvis Rodrigues, a coordenadora estadual da RCC Ceará, Aurilene Tomé da Costa Lavor e o fundador da Comunidade Católica Servos do Senhor, Francisco de Sousa Ferreira (Timá).

A RCC é uma corrente de graças, como lembra a coordenadora diocesana da RCC Sobral e fundadora da Comunidade Filhos de Sião, Vanderlucia Menezes. “O Papa Francisco tem afirmado que a RCC é uma corrente de graça. As novas comunidades e os grupos de oração precisam estar juntos para vivenciar esta corrente de graças”, garante. Na Diocese de Sobral, a Renovação tem sido canal de graças, segundo a coordenadora. “A grande graça é estarmos reunidos como irmãos e depois deixar Deus fazer em cada um de nós, nos transformar, fortalecer a nossa fé. Os desafios é sempre despertar nosso coração para querer Deus”, completa.

O Congresso, realizado no ano do laicato, aprimora o desejo e a missão dos leigos serem sal e luz, de acordo com Vanderlucia. “É uma fortaleza no ano do laicato também podermos reunir tantos leigos para estudar a palavra de Deus e nos prepararmos para sermos uma resposta para as necessidades da humanidade”, ressalta.

Histórico

A Renovação Carismática Católica chegou ao estado do Ceará em 1975. Em um final de semana estiveram reunidos alguns religiosos e religiosas e pessoas que participavam dos cursilhos de Cristandade, de 23 a 25 de Junho, quando Pe. Eduardo Dougherty pregou o primeiro Seminário de Vida no Espírito Santo em Fortaleza. Foram três noites de palestras no Cenáculo. Estavam entre eles Horácio Dídimo, Eduardo Bezerra Neto, Irmã Ribeiro e Vânia Torres.

Em Agosto de 1975, teve início o primeiro Seminário de Vida coordenado pelo Pe. Philippe Prevost, um missionário que chega da África ao Brasil na década de 70, no Colégio Santa Cecília. Era um seminário de sete semanas, que reduzia-se ao Querigma, momentos de silêncio interior e partilha dos dons, mesmo que o seu uso não fosse tão difundido. Em 1979, já era 40 o número de grupos de oração que se encontravam semanalmente. Nomes como Pe. Caetano de Tilesse e Pe. Batista Poinelli foram grandes incentivadores da RCC na cidade de Fortaleza.

Serviço: Congresso Diocesano da RCC Quando: 30 de junho e 1º de julho Local: Centro de Convenções (Av. Dr. Arimatéria Monte e Silva, 300 – Campo dos Velhos) Inscrições: R$ 15 com o coordenador do grupo de oração ou no local Informações: (88) 9 9454-5943 / (88) 9 9993-0044

%d blogueiros gostam disto: