Conta de luz no Ceará vai subir até 13,64%; maior alta do Nordeste

coelce-papel

Considerando todas as classes de consumo, o reajuste médio será de 12,97% e valerá a partir do dia 22

A partir do próximo dia 22, os cearenses precisarão arcar com o aumento médio de 12,97% na conta de luz, decisão que afetará mais de 3,4 milhões de unidades consumidoras em todos os 184 municípios do Estado. A elevação da tarifa será ainda maior para os clientes residenciais (convencionais e de baixa renda) da Companhia Energética do Ceará (Coelce), chegando a 13,64%, incluindo o comércio.

Para os consumidores de alta tensão (acima de 2,3 kV), onde estão incluídas as grandes indústrias, o reajuste será de 11,51%. Os índices foram aprovados ontem pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e são os mais altos entre os de outras distribuidoras do Nordeste já aprovados. Atrás da Coelce, a Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba) apresentou o maior reajuste médio: 10,72%. Para as residências o reajuste é de 10,76% e para os industriais, de 10,64%.

A Aneel também aprovou ontem os reajustes da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) e da Energisa SE, do Sergipe. Os consumidores da Cosern sentirão uma alta média de 7,73%, sendo 7,78% para os clientes residenciais e 7,61% para os industriais. Já para a Energisa SE, a alta ficou em 5,24%, sendo que, para os consumidores residenciais, o aumento foi de 5,55%, e para os industriais foi de 4,74%.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: