Diocese de Sobral celebra 52º Dia Mundial das Comunicações

DMC terá seu ápice no dia 27 de maio com programação específica distribuída por regiões episcopais

“A verdade vos tornará livres: Fake News e o jornalismo de paz” é o tema do 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado mundialmente neste domingo, 13. Na Diocese de Sobral, o DMC terá seu ápice no dia 27 de maio. A programação está sendo organizada por regiões episcopais para que cada paróquia viva um momento de reflexão, estudo, oração e partilha. A Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Social Regional CNBB NE 1, cujo bispo referencial é Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, bispo da Diocese de Sobral, produziu um subsídio para a celebração nas paróquias.

Para a preparação do evento, serão realizados 4 encontros. O 1º terá como tema “O que há de falso nas ‘notícias falsas?’”; já o 2º “Como podemos reconhecê-las?”. Partiremos para o 3º encontro cujo tema é “A verdade vos tornará livre”, finalizando com o 4º “A paz é a verdadeira notícia”. Para bem celebrar, a orientação é que as paróquias reúnam os agentes de pastorais de sua paróquia e comunidade e que incentivem os participantes a conhecerem a Pastoral de Comunicação e sua atuação dentro da Igreja.

O bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos ressalta que é preciso vivenciar o diálogo e buscar a verdade na comunicação. “O 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais pede de nós uma consciência acerca da importância de vivenciar o diálogo com responsabilidade na busca da verdade e construção do bem”, destaca. O bispo acrescenta que é preciso refletir e agir no que diz respeito ao fenômeno das “fake news”.

“As ‘fake news’, notícias que trazem assuntos falsos, mas verossímeis, levam-nos a refletir sobre como comunicar a verdade na Igreja e na sociedade. O Evangelho nos aponta a verdade que é Cristo. ‘Eu sou o caminho, a verdade e a vida’, nos diz Jesus no Evangelho de São João. As palavras do Senhor nos levam a refletir a confusão e o potencial destruidor das fake news para a sociedade”, ressalta o bispo diocesano.

Comunicação humana

Em sua mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, o Papa Francisco destaca a comunicação humana como necessária para a comunhão. “No projeto de Deus, a comunicação humana é uma modalidade essencial para viver a comunhão. Imagem e semelhança do Criador, o ser humano é capaz de expressar e compartilhar o verdadeiro, o bom e o belo”, ressalta. O papa alerta para a dificuldade em desvendar e erradicar as fake news. “A sua difusão pode contar com um uso manipulador das redes sociais e das lógicas que subjazem ao seu funcionamento: assim os conteúdos, embora desprovidos de fundamento, ganham tal visibilidade que os próprios desmentidos categorizados dificilmente conseguem circunscrever os seus danos”, explica.

Participar do DMC é essencial para refletir a comunicação dentro e fora da Igreja, segundo o coordenador de comunicação da CNBB Ceará, Alex Ferreira. “Primeiramente, para fazer uma melhor reflexão sobre a importância da comunicação dentro da Igreja e da sociedade, refletindo a mensagem expressa pelo Santo Padre especialmente nesta ocasião. Em segundo, para mantermos a unidade dos organismos vivos que atuam com a comunicação católica e terceiramente agradecer a Deus, o bom comunicador, pelo dom a nós confiado de anunciar seu Filho através dos meios de comunicação social”.

%d blogueiros gostam disto: