Projeto de Lei assegura preservação e tombamento do imóvel em que nasceu Padre Ibiapina

13720503_10204813986268674_120951283_o

O Projeto de Lei 2017/16, de autoria do vereador Gilmar Bastos, garantiu a preservação e o tombamento do imóvel em que nascera o padre Ibiapina, há 210 anos. O imóvel fica situado na Avenida Artur da Silveira Borges, no bairro que tem o nome do padre, apresentando sinais de degradação.

O gesto do vereador Gilmar Bastos veio ao encontro dos anseios de muitos sobralenses que conhecem a história e a importância do padre Ibiapina, que poderá aumentar a lista de santos brasileiros perante a Santa Sé.

Essa é mais uma conquista dos que lutaram e lutam ao lado do Monsenhor Francisco Sadoc Araújo, pela preservação e elevação da memória do maior construtor de obras sociais do interior do Brasil, sendo o ícone nordestino da caridade.

No Santuário do Padre Ibiapina, construído a partir do entusiasmo do monsenhor Sadoc, vê-se  o resultado do somatório de esforços de alguns membros da comunidade e voluntários,  a exemplo do casal Zuila Muniz/Joel Graminho, que está à frente da reconstituição da biblioteca do monsenhor Sadoc, uma preciosidade que estava entregue à traça, e que agora está sendo reconstituída graças ao esforço de voluntários e apoiadores.

Tombado, o referido imóvel poderá, quem sabe, ser inserido no rol de edifícios e monumentos recuperados com os aportes técnico e financeiro do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN), que tem sido bastante solidário com o resgate do patrimônio histórico sobralense.

Por Silveira Rocha

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: