Dom Vasconcelos ordena Samoel de Melo como diácono

Novo diácono passará a estagiar na Paróquia de Massapê. A ordenação presbiteral de Samoel de Melo será no dia 11 de fevereiro, Dia de Nossa Senhora de Lourdes

Com o lema “Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e produzirdes fruto” (Jo 15,16), Samoel Pereira de Melo foi ordenado diácono pela imposição das mãos do bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos. A ordenação diaconal foi realizada na quarta-feira, 14, na Paróquia de Nossa Senhora do Rosário em Groaíras. O novo diácono passará a estagiar na Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Massapê auxiliando Pe. Marcos Neves. A ordenação presbiteral de Samoel de Melo será no dia 11 de fevereiro, Dia de Nossa Senhora de Lourdes.
Dentro do rito de ordenação, o novo diácono se prostra em sinal de sua doação total ao serviço da Igreja e do povo de Deus. O novo diácono também recebe das mãos do bispo diocesano a estola diaconal e a dalmática e é revestido das vestes próprias de diácono. O Bispo o convida a se ajoelhar e entrega a ele o evangeliário como sinal de sua missão de anunciar a palavra de Deus.
“Unindo-me ao profeta Amós posso dizer que não sou profeta nem filho de profeta, mas sou agricultor e filho de agricultor. Venho de família simples e humilde e Deus veio ao meu encontro e me chamou para segui-lo”, disse Samoel ao final da celebração eucarística. O novo diácono também agradeceu a Dom Vasconcelos por tê-lo ordenado diácono e a Pe. Marcos Uchôa por tê-lo conduzido ao seminário. Também mostrou-se grato aos pais e amigos que o apoiaram.
Em nome de todos os sacerdotes da Diocese, o vigário geral Monsenhor Gonçalo de Pinho Gomes saudou o novo diácono. “Nossa Diocese de Sobral está muito feliz com sua ordenação. Espero que receba de nós padres o apoio, o estímulo e que venha contribuir com o ardor missionário entre o nosso clero”, ressalta.

Vocação
Durante homilia, Dom Vasconcelos explicou que vocação é chamado de Deus. “Vocação é um chamado feito por Deus que é discernido pela Igreja. Celebrar o sacramento da ordem é celebrar de maneira expressiva a dimensão apostólica da Igreja”, explica. O bispo diocesano lembrou que a Igreja foi fundada sobre o alicerce dos apóstolos. Jesus constituiu um colégio apostólico de 12 apóstolos. “Jesus reuniu os 12 na última ceia para celebrar a primeira missa e instituir o sacrifício de Cristo na cruz que deveria se perpetuar. Ele constituiu os 12 que escolheram seus sucessores”, explica.
Os sucessores dos apóstolos são os bispos. O primeiro sacramento da ordem é o episcopado. “O bispo é o sucessor dos apóstolos e, através do seu ministério provém os demais. Segundo é o de ordenação presbiteral e o terceiro da ordenação diaconal”. Os presbíteros, segundo Dom Vasconcelos, são constituídos pelo bispo para pastorear o povo.
De acordo com Dom Vasconcelos, a instituição do diaconato é para o serviço da Igreja. “Ser diácono é ser servidor. Nunca deixe de ser servidor. Sirva primeiramente a Deus, à Igreja, ao bispo e ao povo de Deus, particularmente aos pobres. Jesus instituiu o sacerdócio no dia em que instituiu a eucaristia. Fazei isto em memória de mim. Mas antes, Ele lavou os pés. O filho do homem não veio para ser servido, mas para servir”, disse a Samoel. O bispo diocesano disse ainda ser preciso servir a Deus e a seus prediletos, os pobres. Ele lembra que os discípulos no antigo testamento ordenaram sete diáconos para cuidar dos pobres e das viúvas
No entanto, a meta não é ser diácono, mas viver a santidade. “Samuel percorreu um longo caminho e encontrou flores e espinhos. A ordenação não é a meta, é o início de uma caminhada ainda maior. O mais importante não é ser diácono, padre, bispo ou papa, mas é ser santo e só podemos ser santos com a misericórdia de Deus”, completa.

Biografia de Samoel Pereira de Melo
Filho de José de Sousa Melo e Francisca Pereira de Melo em uma família de cinco irmãos. Nasceu em 20 de agosto de 1987, na comunidade de Santa Cruz do município de Santa Quitéria, território da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, de Groaíras. Foi batizado aos 19 de dezembro de 1987, pelo pároco Mons. Cleano na comunidade de Várzea Alegre, na casa do senhor Francisco de Assis Carneiro.
Estudos: primeiras letras na escola Francisco Pereira. Depois foi estudar no colégio Maria de Nazaré Parente Braga, no distrito de Malhada Grande. No ano de 2006 concluiu o 2º grau. Ajudou a família nos trabalhos do campo, de 2006 a 2009, quando deu uma pausa nos estudos.
No final do ano de 2009, procurou seu pároco Pe. Marcos Uchôa, a fim de obter algumas informações sobre o Seminário. Obtendo as necessárias informações e sendo bem acolhido pelo mesmo, passou a residir na casa paroquial de Groaíras, no dia 08 de janeiro de 2010. No dia 01 de fevereiro de 2010, iniciou o cursinho no Colégio Farias Brito, na cidade de Sobral. No dia 13 de junho de 2010, prestou vestibular para o curso de filosofia na Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, obtendo resultado satisfatório, tendo sido admitido no Seminário São José, no dia 28 de janeiro de 2011. Aos vinte e quatro de janeiro de 2014, ingressou no Seminário Imaculada Conceição em Fortaleza para cursar teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza.
Pelo Bispo Diocesano, recebeu no dia 24 de maio de 2016, o ministério de leitor, posteriormente, no dia 18 de maio de 2017, o ministério de acólito, ambos no Seminário Imaculada Conceição em Fortaleza e no dia 09 de novembro de 2018, recebeu o Rito de Admissão às Ordens Sacras na Catedral de Nossa Senhora da Conceição em Sobral.

%d blogueiros gostam disto: