Missa solene marca 103 anos de criação da Diocese de Sobral

Bispo Diocesano Dom Vasconcelos presidiu celebração eucarística que também contou com rito de Admissão às Ordens Sacras do seminarista Samoel de Melo

Reunindo dezenas de fiéis da Diocese de Sobral, santa missa solene na sexta-feira, 9, na Catedral de Nossa Senhora da Conceição (Sé) marcou a celebração de 103 anos da Diocese de Sobral. “A Diocese celebra 103 anos de sua criação. É momento de júbilo, de alegria, de confraternização, e ação de graças a Deus”, define o bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos. A santa missa também contou com a admissão às ordens sacras de Samoel Pereira de Melo, ordenado diácono na quarta-feira, 14. O rito de Admissão às Ordens Sacras destina-se a que o aspirante ao Diaconato ou ao Presbiterato manifeste publicamente a sua vontade de se doar a Deus e à Igreja, para exercer a Ordem Sagrada. Crianças também receberam a primeira comunhão durante celebração eucarística.
A celebração eucarística foi presidida por Dom Vasconcelos e concelebrada pelo pároco da Catedral de Nossa Senhora da Conceição (Sé), Pe. Lucione Queiroz, pelo vigário da Catedral, Pe. Herlandino Sampaio, pelo pároco da Paróquia do Patrocínio, Pe. Agnaldo Temóteo da Silveira, pelo pároco da Paróquia do Cristo Ressuscitado, Pe. Francisco Júnior Melo, pelo pároco da Paróquia de São José do Sumaré, Pe. Lucas Moreira, pelo pároco da paróquia de Taperuaba, Pe. José Canafístula Gomes (Pe. Berg), pelo reitor do seminário de filosofia São João Paulo II, Pe. Ítalo Arcanjo e pelo sacerdote da Comunidade Shalom, Pe. Paulo Henrique.
A presença misericordiosa da Igreja registra-se na região norte do estado do Ceará, desde o século XVII, com a chegada dos Jesuítas à Serra da Ibiapaba e a missão junto aos índios. No entanto, sua ação evangelizadora torna-se mais visível com a criação da Diocese de Sobral desmembrada da então Diocese de Fortaleza, em 10 de Novembro de 1915, pela bula “Catholicae Religionis Bonum” do Papa Bento XV.
A Diocese, durante toda sua existência, marcou a história da zona norte do Ceará e principalmente da cidade de Sobral, não somente com sua missão estritamente evangelizadora, mas também com seu trabalho frutífero no campo da educação, da saúde e da comunicação.

Criação
Criada em 10 de novembro de 1915, a Diocese de Sobral tem como padroeira Nossa Senhora da Conceição. O clero de Sobral conta com 77 sacerdotes diocesanos, dos quais 74 padres que estão à frente de missão, 3 padres eméritos, 5 incardinados e não residentes, 1 residente não incardinado, além de 4 religiosos.
Originalmente compreendida por quase toda a região norte do Ceará e uma parte da região oeste, a Diocese de Sobral está situada ao Norte Ocidental do Estado do Ceará, limitando-se com o Oceano Atlântico, com a Arquidiocese de Fortaleza, e com as dioceses de Itapipoca, Quixadá, Crateús e Tianguá.
Posteriormente cedeu territórios para criação das Dioceses de Crateús em 1964, Tianguá e Itapipoca em 1971. Atualmente seu território compreende 29 municípios com 44 paróquias, 2 áreas pastorais, 05 Santuários Diocesanos divididas em 4 regiões Episcopais ( Região Sede, Região Vale do Coreaú, Região Vale do Acaraú e Região do Araras). A área total conta com 17.634,7 km².

%d blogueiros gostam disto: