Paróquia de Martinópole investe em catequese e missão

Mensalmente a paróquia realiza o “Dia ‘D’ da Missão e oração pela paz”, com uma eucaristia especial no dia 13 de cada mês. Para essa celebração, os fiéis levam alimentos não perecíveis, que são partilhados com os mais necessitados

A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Martinópole tem como principais preocupações vida litúrgica, missão, catequese, formação, atenção aos mais necessitados e cuidado com crianças e idosos. Mensalmente, é celebrado o “Dia ‘D’ da Missão e oração pela paz”, com uma eucaristia especial no dia 13 de cada mês. Para essa celebração, os fiéis são orientados a ofertar alimentos não perecíveis, que são partilhados com os mais necessitados.

O Administrador Paroquial de Martinópole, Pe. Luiz César Silvino Evangelista, ressalta que o amor e a missão são marcas da paróquia. “Tudo fazemos para que a missão esteja presente em todas as nossas ações, começando por uma boa acolhida dos fiéis nas celebrações eucarísticas e se estendendo a visitas domiciliares, ação das Pastorais da Criança e da Pessoa Idosa, Campanha da Fraternidade, Mês de Maio e Natal em Família”, destaca.

A paróquia conta ainda com uma atuante Pastoral da Criança que acompanha mais de 400 crianças, gestantes e mães carentes, na sede paroquial e em algumas capelas, além de uma ativa Pastoral da Pessoa Idosa que visita e acompanha mensalmente cerca de 200 idosos.

Em relação à catequese, Pe. César destaca a preocupação com a catequese infantil, acompanhamento dos adolescentes pós-primeira comunhão e preparação para a Crisma. Além disso, há grupo de 32 adultos em processo de Catecumenato, “uma experiência que tem apresentado excelentes resultados”, destaca. “Concentramos esforços para ter uma vida litúrgica viva, alegre, participativa, tanto na sede paroquial como nas capelas, a fim de que o povo de Deus possa viver com intensidade a celebração do mistério que o próprio Jesus nos pediu para celebrar em sua memória”, completa.

Além disso, há um intenso investimento em formação. “Estamos sempre atentos a oferecer aos fiéis momentos de formação, seja para a liturgia, para o conhecimento da Bíblia, para a vivência dos sacramentos e para a prática da missão”, explica. Como planos para o futuro, Pe. César disse ser necessário formar a Pastoral da Juventude e a Pastoral Familiar. “Para essas duas ações, enfrentamos séria carência de agentes, mas não estamos parados no esforço de que elas possam ser efetivadas num futuro próximo”, garante.

Histórico da Paróquia

O decreto assinado por Dom José Tupinambá da Frota instituindo a criação da paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Martinópole data do dia 15 de outubro de 1946. O território da nova paróquia foi desmembrado da Paróquia de Granja e abrangia inicialmente, todo o território que compreende atualmente as paróquias de Martinópole, Uruoca e Senador Sá. Martinópole é um município brasileiro do estado do Ceará. Sua população estimada em 2006 é de 10.214 habitantes.

A primeira missa no vilarejo chamado Angica, hoje Martinópole, teria acontecido em dezembro de 1911, na residência de Dona Raimunda Gomes, presidida pelo Pe. Vicente Martins da Costa, pároco de Granja, sacerdote que também conduziu a construção de uma capelinha, inaugurada em 1916 e dedicada a Nossa Senhora da Conceição, primeira e atual padroeira.

A capelinha foi ampliada no decorrer do tempo, construiu-se uma torre e, em 1946, quando foi instituída a paróquia, Martinópole já contava com uma matriz quase nos mesmos moldes existentes até hoje. A Igreja é protegida nas laterais e nos fundos por uma mureta pergolada de 2m de altura, forrada com estrutura de ferro e cimento, tem piso de granito e bancos de madeira modernos e declinados, com capacidade para uns 600 fiéis sentados. A Paróquia de Martinópole inclui todos os 299 km2 do município do mesmo nome e ainda a área do distrito de Paracuá, pertencente ao município de Uruoca. A Paróquia tem limites com as paróquias de Granja, Parazinho, Senador Sá e Uruoca.

Párocos/Vigários/Administradores

Pe. João Batista Pereira – de 10.11.1946 até 02.03.1949

Pe. Emílio Serafim – de 11.10.1949 até 06.01.1957

Pe. José Prado Pontes –de 01.01.1957 até 05.02.1962

Pe. Egberto Rodrigues de Almeida – de 11.02.1962 até 11.11.1962

Pe. João Batista Ribeiro – de 10.02.1963 até 01.03.1964

Pe. Antônio Edvar de Araújo Lima – de 19.03.1964 até 11.07.1968

Pe. José Aristides Cardoso – de 12.07.1968 até 02.02.1969

Pe. Francisco Eudes Fernandes – de 02.02.1969 até 11.11.1982

Pe. Raimundo Nonato Gomes – de 26.01.1983 até 05.01.1986

Pe. Manoel Rômulo da Rocha – de 26.01.1986 até 15.01.1987

Pe. Luiz César Silvino Evangelista – de 08.02.1987 até 31.08.1999

Pe. João Batista de Oliveira – de 08.09.1999 até 28.08.2012

Pe. Luiz César Silvino Evangelista – reassumiu a paróquia no dia 02.09.2012 e é seu administrador

%d blogueiros gostam disto: