Paróquia de Varjota celebra padroeira Senhora Sant’Ana

Festa terá início na segunda-feira, 16, e se estenderá até a quinta-feira, 26. O bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos presidirá santa missa no domingo, 22, com o tema “Superação da violência”

A Paróquia Senhora Sant’Ana na cidade de Varjota neste mês comemora o festejo anual da Padroeira da Paróquia e conta uma programação especial para os devotos de Senhora Sant’Ana e para todos os paroquianos. A festa terá início na segunda-feira, 16, e se estenderá até a quinta-feira, 26. Tema geral será “Superação da violência” e o lema “Sou leigo, sal da terra e luz do mundo.” O bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos presidirá santa missa no domingo, 22, com o tema “Superação da violência”.

A programação terá início com a abertura oficial na segunda-feirAa, 16, com queima de fogos nos setores às 5h, seguida por Café Comunitário no patamar da matriz com alvorada festiva às 5h30. Às 17h haverá carreata com a imagem de Sant’Ana, padroeiros das capelas e bairros e hasteamento das bandeiras do Vaticano, brasão da Paróquia e Diocese de Sobral. O presidente da Celebração será o pároco Pe. Jacó Sidarta.

A festa seguirá no dia 17 com o tema “Paz em nossas famílias” com a presidência de Pe. Herlandino Sampaio, Vigário da Sé. Na quarta-feira, 18, Pe. Paulo Henrique da Comunidade Shalom abordará o tema “Conversão à cultura da paz”.  Pe. Eufrázio da Silva, pároco de Reriutaba, será o presidente da celebração na quinta-feira, 19. O tema “Paz nas redes sociais” será da sexta-feira, 20, dia em que o Pe. Nery de Abreu celebrará. No sábado, 21, Pe. Jocélio Medeiros, reitor do seminário propedêutico, presidirá santa missa.

Pe. Mailson Costa, vigário de Marco, presidirá santa missa na segunda-feira, 23 com o tema “A evangelização como construção da paz”. Na terça-feira, 24, Pe. Fábio Nascimento, pároco de Santa Quitéria com o tema “Ser cristãos verdadeiros e justos”. Na quarta-feira, 25, o tema “Combater a cultura da violência” contará com o Pe. Bonifácio Fonseca, pároco de Catunda, como presidente da Celebração.

A festa será celebrada na quinta-feira, 26, com santa missa solene às 9h presidida pelo Pe. Jacó Sidarta. Às 17h acontecerá procissão seguida pela segunda missa solene às 18h também presidida por Pe. Jacó. Serão homenageadas todas as anas e as avós.

Histórico

A Matriz de Varjota pertencia à Paróquia de Reriutaba, sendo a maior capela daquela freguesia, por mais de 50 anos. Varjota era dependente sob todos os aspectos de Reriutaba.

A raiz histórica da cidade de Varjota está fincada na trajetória de duas cidades da Zona Norte cearense, Ipu e Reriutaba, cujos embriões estão na antiga cidade de Campo Grande, atual Guaraciaba do Norte. A cidade  surgiu a partir de uma povoação recolhida em uma pequena várzea, em pleno semi-árido nordestino.

O processo de povoação da então vila de Varjota começou por volta de 1842, a partir de um pequeno núcleo populacional aglomerado junto ao rio Acaraú, em terras pertencentes à comarca de Vila Nova de Ipu Grande (Ipu).

%d blogueiros gostam disto: