Regional Nordeste I da CNBB participa da 4ª Semana Brasileira de Catequese

A 4ª Semana Brasileira de Catequese, que será realizada de 14 a 18 de novembro, em Itaici-SP, conta com a presença de sacerdotes, religiosos e leigos do Regional Nordeste I da CNBB. Representando a Diocese de Sobral, participa o Vigário Paroquial da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Pe. Erivaldo Prado. São 425 participantes entre coordenadores de catequese das dioceses, além de representantes das comissões regionais de Liturgia, membros do Grupo de Reflexão Bíblico-catequética(GREBICAT), bispos referenciais da catequese de cada regional e outros convidados.
O objetivo geral é compreender a catequese de inspiração catecumenal à serviço da iniciação à vida Cristã, buscando novos caminhos para a transmissão da fé, no contexto atual. A metodologia conta com manhãs de celebração, exposição de dois temas seguidos por testemunho editado (vídeo) e interação com o grupo. Durante as tardes há vivências/oficinas, tarde bíblica e vésperas e à noite, homenagens, momento cultural, lançamentos de livros.
Entre as principais conferências estão Anunciar Jesus Cristo num mundo plural: novos interlocutores, Seguimento de Jesus e sentido da vida, O querigma e a transmissão da fé no contexto atual e Celebrar e iniciar ao mistério: a liturgia.

Conversão
No primeiro dia de programação na quinta-feira, 15, o professor da PUC-Minas e mestre em teologia, Edward Guimarães ressaltou que ser cristão deixou de ser um desafio diário de conversão e que a vida cristã não tem provocado mudança no agir das pessoas. A conversão deixou de ser critério de inserção na comunidade que não exige um itinerário de fé. As mudanças do mundo atual exigem que se mude o jeito de acolher e viver a fé cristã. “O cristianismo não tem evangelizado, está morno. Há a necessidade de se superar ritos e de provocar a intimidade com Deus, uma vida nova de fraternidade e justiça, de cultivar a fé de Jesus e não simplesmente a fé em Jesus. A vida digna é o culto maior a Deus. Deus é amar e não só amor”.
Ir. Vera Bombonatto (Paulinas) apresentou a 2ª conferência sobre “Seguimento de Jesus e sentido da vida”. Começou questionando o que significa seguir Jesus, hoje, na sociedade pós-moderna e na cultura digital. Destacou, entre outras coisas, que o evento fundante do cristianismo é a relação profunda e pessoal com Jesus e seu projeto. A finalidade do seguimento é assemelhar-se a Jesus. Ter o estilo de Jesus é o mais importante. O ser cristão começa com um encontro que dá sentido à vida. A história da salvação é uma história de seguimento. Na catequese à serviço da Iniciação à Vida Cristã(IVC) o discipulado é o fio condutor que culmina na maturidade do discípulo missionário.
(Com informações do Portal Catequese Brasil).

%d blogueiros gostam disto: