XI Marcha do Vale em Defesa da Vida discute políticas públicas

Antecipando a discussão da Campanha da Fraternidade 2019 “Fraternidade e políticas públicas”, a XI Marcha do Vale em Defesa da Vida trouxe como tema “Políticas Públicas: Construir Caminhos para gerar Vida” e o lema: “Serás libertado pelo direito e a justiça”. (Is 1,27). O evento, já tradicional na Diocese de Sobral, foi sediado na Paróquia da Imaculada Conceição de Nossa Senhora em Panacuí no dia 15 de novembro.
A programação teve início às 13h30 com concentração seguida de acolhida, apresentação e oração. A Marcha do Vale teve início às 15h. Às 16h30 houve uma apresentação artística seguida por uma palestra, debates e depoimentos. O ponto ápice da programação foi santa missa solene presidida pelo bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos.
A Marcha do Vale é um movimento que em seus 9 anos de existência tem levado as pessoas da Região Episcopal Vale do Acaraú a refletirem acerca de muitas e diferentes abordagens relacionadas à promoção e defesa da vida, a saber: A força da transformação está na organização popular; Trabalhar pela vida e não somente pelo lucro; Nas águas do rio Acaraú, nossa vida, nossa história; O homem e o rio Acaraú – uma questão de sobrevivência; Despertando com as juventudes a preservação do rio Acaraú; Rio Acaraú e a convivência com o semiárido e a seca; Violência: combatê-la, uma questão de vida. Misericórdia – combatendo as drogas em defesa da família. No ano passado, a X Marcha do Vale pediu o fim da violência urbana e rural.
Não é de hoje que a Igreja Católica, presente em todos os lugares do mundo, ergue sua bandeira profética em defesa dos menos favorecidos. A marcha do Vale representa bem isso, atendendo ao apelo de Jesus Cristo (Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância – Jo 10,10). A marcha é a soma de todas as iniciativas para que a vida das pessoas e do planeta tenha qualidade.

%d blogueiros gostam disto: