Sem Luis Carlos Guarany vai hoje com Tininho ou Valtinho contra Uniclinic

Sem o atacante Luis Carlos que se transferiu para o Remo-PA, o Guarany tem um sério compromisso esta tarde pela 2ª fase do campeonato cearense, contra a forte equipe do Uniclinic, jogo marcado para o estádio do Junco, no horário de 16, conhecido como Águia da Precabura, o adversário de hoje vem realizando uma campanha quase irreconhecível, o que na prática quer dizer que o Guarany vai ter que ralar muito para alcançar seu objetivo, que são os 3 pontos, indispensáveis no momento que requer muita luta com pensamento na classificação para o quadrangular decisivo e em uma vaga para o campeonato brasileiro da Série D, edições 2016-2017.

A derrota para o Fortaleza e a saída de Luis Carlos não tiraram o ânimo nem a motivação da rapaziada rubro-negra, que sabe a necessidade de vitória diante o Uniclinic, sobretudo, por que restam ao time dois jogos para concluir sua participação  nesta segunda fase do campeonato com 3 pontos, um a menos que seu adversário direto, Guarani de Juazeiro do Norte, que ainda tem dois jogos contra o Fortaleza e um contra o Maranguape, podendo chegar a 13 pontos contra 9 do Guarany de Sobral, que na última rodada vai jogar contra  o Maranguape, no estádio Domingão.

A disputa entre os dois guaranis está bem equilibrada e e somente na última rodada é que se saberá quem realmente vai para o quadrangular e para a série D do Brasileiro.

Vencer o Uniclinic não vai ser tarefa fácil ainda que o Guarany tenha o handicap de jogar em casa, levando em consideração a boa fase que atravessa o time da capital. Neste ano e campeonato os dois times se enfrentaram no dia 12 deste mês no PV, e o resultado foi 2 x 1 para o Uniclinic, gols do  artilheiro Diogo e Leânderson, Luis Carlos descontou para o bugre sobralense.

Agora sem contar com o imperador o técnico Júnior Cearense tem como opções para o ataque e Tininho, Valtinho e Jean, sem aquele homem de referência da qualidade de Luis Carlos. Uma mudança clara está confirmada com o retorno de Breno a zaga central, depois que cumpriu suspensão automática contra o Fortaleza na rodada anterior por força do cartão amarelo.

O jogo de hoje será o último do Guarany no estádio do Junco, visto que na rodada final da segunda fase do estadual vai ter que ir a Horizonte, onde dará combate ao time do Maranguape, que praticamente irá a campo como franco atirador, haja vista a fraca campanha que desenvolveu na fase de classificação, obtendo o último lugar no grupo B1. Uma garantia  e tranqüilidade para o jogo de hoje é a presença do goleiro André Zuba, que embora seja um futuro jogador do clube do Remo do Pará, se preocupou mais em cumprir contrato com o rubro-negro até o fim do campeonato cearense, a pensar tão somente no dinheiro do clube paraense.

Aliás, é mais uma passagem por aqui que Zuba brilha com a camisa número 1 do rubro-negro, a ponto de receber uma boa proposta do Remo. E para os pretendentes a uma vaga na Série D do Brasileiro, a CBF adiou de 29 de maio a 11 de junho deste ano, o início da competição nacional, que entre os times cearenses é desejada por Guarany de Sobral, Guarani de Juazeiro do Norte e Uniclinic.

Veras ganha liminar e volta a presidência do Guarany

Amparado por uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol  do Estado do Ceará(TJDF-CE) que acatou o pedido de efeito suspensivo do dirigente, o presidente Veras voltou a ocupar o cargo que antes era da competência do Dr. Erivaldo Mororó, que tinha sido remanejado do Conselho Deliberativo para a diretoria executiva, cuja passagem deixou saudade a torcida pelo bom desempenho que desenvolveu , apesar do curto período a frente do comando do rubro-negro na função de presidente desde o dia 14 de março, Veras nem menos esquentou o banco, entrou com um documento no Conselho Deliberativo, solicitando licença de sessenta dias para tratamento de saúde. Não foi atendido e continuou trabalhando, até que no dia 21 foi conduzido para o hospital do Coração com pressão alta, onde ficou em observação por algumas horas. Além das tarefas rotineiras para executar, ele começou nova gestão indo de encontro com o primeiro problema que foi a saída do atacante Luis Carlos, que ato contínuo deixou o time para em troca aceitar irrecusável  proposta do Clube do Remo-PA. O Imperador anunciou sua saída através de redes sociais, sem se despedir dos colegas de clube, nem mesmo do técnico Júnior Cearense.

O interesse do Remo gira em torno também do goleiro André Zuba, que preferiu permanecer no rubro-negro até o fim do campeonato estadual a pensar na polpuda nota do time paraense que mexe com qualquer um profissional da bola. Após uma conversa com o presidente Veras, Zuba adiou sua saída por mais alguns dias.

Quem ganhou com a decisão de Zuba foi o Guarany, que contará com ele até quando perdurá a participação do Cacique do Vale no campeonato cearense. Pelo andar da carruagem, André Zuba tem um carinho muito grande com seu atual time, pois do contrário não relutava diante de algumas propostas e não facilitaria sua permanência na Princesa do Norte. Em breve André Zuba vai embora e deixar muita saudade na torcida rubro-negra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: