Torcida protesta pela derrota contra o Fortaleza e quer vitória no PV

Uma vitória sábado contra o Uniclinic traz de volta a paz e a tranqüilidade no seio da torcida do Guarany, que domingo após o jogo contra o Fortaleza reagiu de forma agressiva, inconformada  com a derrota por 2 x 0 na estréia dos dois times na 2ª fase do campeonato estadual. Gritos de protesto eram ouvidos por quem se aproximavam do movimento, e o pior, torcedores da Força Jovem são não invadiram o vestiário porque o portão que dá acesso aquele local se encontrava seguramente fechado e contava com a ação dos policiais militares que em alguns casos usavam a força para dispersarem os mais exaltados que tinham como alvo preferido o técnico Júnior Cearense.

A escalação precoce do zagueiro Thiago Viana sem nenhuma condição física para jogar visto que no dia do jogo estava com problema estomacal e jogou sob efeito de medicamento. A ida do treinador a Meruoca para uma partida de futebol envolvendo equipes amadoras na véspera do jogo com o Fortaleza, também gerou protesto dos torcedores, além da derrota em si para o Leão do Pici. Esse pesadelo só vai apagar se o Guarany sair hoje do PV com uma vitória sobre o Uniclinic  que para muitos vem sendo o bicho papão do campeonato, pela boa campanha realizada na 1ª fase, e o número de pontos acumulados até agora alcançados.

Aliás, enfrentar o Uniclinic no campeonato deste ano, é uma novidade para o Guarany, pois de dez anos pra cá, não existe nenhum dado estatístico sobre o confronto oficial entre os times que voltarão a se enfrentar no dia 23 de março, desta vez no estádio do Junco, quando os dois litigantes saberão da real situação de cada um na tabela do hexagonal. Para o jogo de hoje no PV, o técnico  Júnior Cearense fará novas mudanças em relação ao time que jogou contra o Fortaleza. Anderson Sobral que na partida anterior foi escalado na lateral esquerda vai voltar a sua posição de origem, ocupando a quarta zaga, ao lado do capitão da equipe Breno.

Jones não resolveu o problema da meia ligação e retornará a lateral esquerda. Outra alteração está reservada no meio campo, com a saída do Alan que não vinha produzindo a contento, para a entrada de Jean. Mais uma vez Patuta ficará de fora, uma vez que não está totalmente recuperado de uma lesão no joelho e ficará afastado dos gramados, pelo menos para este jogo.

Ainda não será desta vez que o atacante Abuda ficará a disposição do técnico Júnior Cearense. O jogador sofreu uma lesão no adutor da coxa direita contra o Tiradentes E continua entregue ao departamento médico do time rubro-negro.

Aliás, Abuda já se submeteu a exames de ultrassom e nada de grave foi acusado, o que significa que a diretoria quer mais empenho do jogador para voltar aos treinamentos.


Presidente do Guarany cobra dos jogadores atitude e raça no próximo jogo

Aconteceu no início da semana uma reunião do presidente e Rivaldo Mororó com todo o elenco e membros da comissão técnica. Foi 24 horas depois da derrota para o Fortaleza e serviu para o presidente chamar a atenção dos jogadores pela fraca atuação no jogo de domingo contra o Leão do Pici. Sem entender no que viu durante a partida, Dr. Erivaldo abriu o verbo e fez um alerta aos jogadores. Cobrou muito empenho e garra no jogo de hoje e não abre dos 3 pontos contra o Uniclinic afim de recuperar os pontos perdidos dentro de casa diante o Fortaleza.

O alerta aos atletas surge uma nova esperança que desta vez o time vai a campo mais consciente de que urge a necessidade da vitória para continuar alimentando esperanças de brigar por uma vaga na série D do Campeonato Brasileiro em 2017 e 2018. Uma vitória contra o Uniclinic tranqüilizaria a todos, sobretudo, o técnico Júnior Cearense, que já não é mais unanimidade junto a torcida, sendo que alguns torcedores questionam sobre a postura do time em campo e exigem mudanças radicais para crescimento daqui pra frente.

Diante do fato que ocorreu na reunião do Dr. Erivaldo com jogadores e membros da comissão técnica, espera-se um time mais guerreiro, com muitas atitudes em campo, e sair daquela letargia que só transtorno causa a quem só pensa em disputar a Série D do Campeonato brasileiro em 2017.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: