Cães podem mudar de comportamento em Sobral

Cena quase inédita nas ruas da Princesa do Norte, o comportado Fubá, balança seu rabo pra lá e pra cá, e obedece todas as ordens de seu treinador e dono. Carinho e atenção é o segredo de tanta reciprocidade e graça

Pega a bola! Deita! Senta! Rola! Abraço! E até mesmo: Reza! Todos esses comandos, Fubá, um cãozinho da raça Border Collie, de cinco anos de idade obedece com apreço, graciosidade e atenção. Os pedidos partem de seu dono Ronielle Albuquerque, 36, que juto com o fiel companheiro adestra cães no município de Sobral no Ceará e consegue sustentar sua família.
O adestrador Ronielle conta que sempre foi apaixonado por cães: “Quando era pequeno meu pai criava vira-latas e eu comecei a criar cachorrinhos, tipo pinscher, que me levou a procurar informações sobre adestramento, pois tinha muita dificuldade com eles, questão de destruir as coisas em casa, fazer necessidade em locais inapropriados. Fui buscando informações e vendo que me identificava com aquilo”, enfatiza ele que procura fazer de um a dois cursos por ano para levar um conhecimento de qualidade para seus clientes.
Fubá entrou na vida de Ronielle por meio de um grande amigo: “Em uma viagem comentávamos sobre cães, e assim surgiu o Fubá. Já tinha tido outro cachorro que era o Simba, era um cachorro fantástico, foi o primeiro cão que consegui formar e perdi-o para lashimaniose. Peguei o Fubá quando ele tinha 60 dias. O ideal é a gente tirar o filhotinho da mãe com 60 dias de vida. Ele já tem um nível de formação cerebral que proporciona aprendizagem e interação grupal”, lembra.

Família e Fubá
A família toda é dedicada à profissão de adestrador: “A gente trabalha com cães, vive disso. Tenho mais dois, a Filó que é uma Fox Paulistinha e tenho também uma filhotinha de Border Collie, que tem 6 meses. É da raça do fubá. É considerado uma raça inteligente, um cão muito elétrico porque foi desenvolvido para fazer pastoreio de ovelhas, então ele possui muita energia. Ele gosta de brincar, tudo para ele é diversão, brincar para ele é tudo, embora a gente leve como um trabalho para ele é pura brincadeira”, declara Ronielle.
O adestrador acha importante, a forma como deve agir com atenção e cuidado as pessoas que possuem cães: “Em casa devem procurar sanar o que ele precisa. Busque informações confiáveis, pode ser na internet, veja se tem fundamento. Devemos nos preocupar com sua estrutura física, sanidade e levar ao veterinário. O cão mais inteligente é aquele que tem um dono dedicado a ele”, conclui.

Serviços:
Adestramento Sobral (Google) – Ronielle Albuquerque (Instagram e Facebook)

%d blogueiros gostam disto: