CAMPANHA DA FRATERNIDADE DE 2017 CHAMA ATENÇÃO PARA OS BIOMAS BRASILEIROS

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) atenta aos apelos do Evangelho e aos sinais dos tempos vem através da Campanha da Fraternidade propor para sociedade uma temática de suma importância para humanidade independente de credo religioso, onde convida-nos a debater sobre Fraternidade: Biomas Brasileiros e a Defesa da Vida e como Lema:  Cultivar e Guardar a criação (Gn 2,15).

A Campanha da Fraternidade 2017 (CF) tem como objetivo principal Cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho. E apresenta os seguintes objetivos específicos:

-Aprofundar o conhecimento de cada bioma, de suas belezas, de seus significados e importância para a vida no planeta, particularmente para o povo brasileiro.

– Conhecer melhor e nos comprometer com as populações originárias, reconhecer seus direitos, sua pertença ao povo brasileiro, respeitando sua história, suas culturas, seus territórios e seu modo específico de viver.

– Reforçar o compromisso com a biodiversidade, os solos, as águas, nossas paisagens e o clima variado e rico que abrange o chamado território brasileiro.

– Compreender o impacto das grandes concentrações populacionais sobre o bioma em que se insere.

– Manter a articulação com outras igrejas, organizações da sociedade civil, centros de pesquisa e todas as pessoas de boa vontade que querem a preservação das riquezas naturais e o bem-estar do povo brasileiro.

– Comprometer as autoridades públicas para assumir a responsabilidade sobre o meio ambiente e a defesa desses povos.

-Contribuir para a construção de um novo paradigma econômico ecológico que atenda às necessidades de todas as pessoas e famílias, respeitando a natureza.

-Compreender o desafio da conversão ecológica a que nos chama o nosso Papa Francisco na carta encíclica Laudato Si’ e sua relação com o espírito quaresmal.

 

Como é extraordinária a beleza e diversidade da natureza do Brasil. Ao abordarmos os biomas brasileiros e lembrarmos dos povos originários que neles habitam, trazemos à meditação a obra benfazeja de Deus. Admirar a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles vivem. Será uma grande oportunidade de conhecermos e aprofundarmos nossos biomas que são eles: a Mata Atlântica, a Amazônia, o Cerrado, o Pantanal, a Caatinga e o Pampa.

O nosso bioma é a Caatinga será uma grande oportunidade de aprofundarmos nossos conhecimentos e nossos compromisso com o nosso Bioma Caatinga, cujo nome é de origem indígena e significa “mata clara e aberta”, encontra-se envolvida pelo clima semiárido entre a estreita faixa da Mata Atlântica e o Cerrado.  É um bioma exclusivamente brasileiro, que abrange territórios de 8 estados do Nordeste e o Norte de Minas Gerais, onde vivem 27 milhões de pessoas. É também nesse bioma onde encontramos belezas, potencialidades e desafios, e por ser um Bioma extremamente agredido e depredado pelas queimadas, pelo desmatamento, uso indiscriminado de agrotóxicos, gera a desertificação provocada pela economia irresponsável e predadora.

Neste sentido a Diocese de Sobral constituiu uma Coordenação Diocesana da Campanha que através do envolvimento de toda a Igreja e todos as pessoas de boa vontade são convidadas a se engajarem de forma que cada pessoa no seu trabalho, na sua casa, na sua empresa, no seu sindicato na sua propriedade possa unir forças e energias para juntos desenvolvermos ações e projetos para bem cuidar e zelar do nosso Bioma e de nossa Casa Comum. Já como partida convocamos 02 representantes de cada paroquia e Área Pastoral para se fazer presente no dia 21 de janeiro de 2017 no auditório Dom Walfrido participar de encontro de Estudo e aprofundamento sobre a CF e elaborarmos um conjunto de ações que deverão ser executadas nos diversos espaços de nossa Diocese e Paroquias como ações e atitudes de Cristãos comprometidos com o Planeta e com a Vida.

 

José Maria Gomes Vasconcelos

Equipe da CF e Voluntariado da Caritas Diocesana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: