Correio da Semana: 98 anos a serviço da comunidade – informando e evangelizando

Os homens visionários veem as coisas muito além da imaginação comum. Pensam o futuro em outra dimensão que não é a sua onde, ele vive. E estes homens assim, quando realizam feitos, suas obras na realidade ultrapassam o tempo, crescem em sua estrutura, agigantam-se em sua importância e servem à sociedade, dentro do contexto para as quais foram idealizadas.

Um homem de visão foi Dom José Tupinambá da Frota, que em 1918, fundou o Jornal Correio da Semana, que há 98 anos vem fazendo história e contando a história da notícia.

Nestas 09 décadas este semanário descreveu para Sobral e Região Norte do Ceará fatos relevantes da humanidade, dentre eles a segunda Guerra Mundial, a morte do Papa Pio XII, a posse do Papa João XXII e seu falecimento, Paulo VI e sua morte, João Paulo II e também sua morte e mais recentemente a posse do atual pontífice, Bento XVI, mais recentemente, do Papa Francisco.

Criado para divulgar as coisas da Diocese de Sobral, o Correio da Semana passou por diversas fases em sua história. Acompanhou o apostolado do seu fundador, até seus últimos instantes de vida, serviu de veículo informativo para as ações do segundo bispo de Sobral, Dom João José da Mota, esteve presente em todo episcopado de Dom Walfrido Teixeira Vieira; Pe. Egberto Rodrigues de Andrade, Ecônomo da Diocese; Valmir Andrade, Ecônomo da Diocese; Dom Aldo Di Cillo Pagotto e do profícuo trabalho evangelizador de Dom Antônio Fernando Saburido, O.S.B, hoje, Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Odelir José Magri, bispo de Chapecó-Santa Catarina e, atualmente, com a direção geral de Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos.

Voltado para divulgar a linha pastoral diocesana, o Correio da Semana também se faz presente, aos grandes momentos sociais, acompanhando a evolução dos tempos, se adequando aos avanços da tecnologia e modernidade e satisfazendo à exigência dos leitores, que acompanham os fatos do dia-a-dia, de Sobral, da Região Norte, do Ceará, do Nordeste e do Brasil.

Além dos grandes momentos da Igreja católica, vividos no mundo inteiro e na Diocese em particular, com suas festas religiosas e tradicionais, o Correio da Semana, também divulgou a cheia de 1924, a depressão nos Estados Unidos da América nos anos 30, a Segunda Guerra como já foi citada, noticiou o Concílio Vaticano II em 64, o Congresso Eucarístico em Sobral, a grande seca de 1958, o arrombamento do Açude Orós em 60, a cheia de 74 em Sobral e as enchentes do Acaraú, que sempre alagaram os bairros periféricos e deixando pessoas desabrigadas; as ditaduras: a de Getúlio Vargas e a militar, as reuniões da CNBB, as diretas já, as grandes descobertas da ciência na área da medicina, as mortes dos Kennedys, o Apartheid na África, a queda do Muro de Berlim, a morte de Indira Gand, os grandes conflitos no mundo, dentre outros momentos vividos pela humanidade, que este jornal, semanário, interiorano, através dos seus 94 anos tem acompanhado, divulgando-os com ética, responsabilidade e respeito aos leitores.

Seus diretores e editores passados mantiveram sua linha editorial, para a qual esta gazeta foi fundada, seus diretores atuais mantêm a mesma conduta, porém com modernidade, novo design, atualizado e moderno.

Hoje o Correio da Semana, tem como Superintendente Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, Bispo Diocesano; o Vigário Geral Cônego Gonçalo de Pinho Gomes; diretor geral, o Padre Francisco Fábio do Nascimento, assessor de comunicação da Diocese; o ecônomo da Diocese Edna Chaves; editor, diretor e repórter, Araújo Pathelle; redator e repórter, Osvaldo Avelino; fotógrafo e setor de informática Macildo Brito; diagramador e Design Neil Silveira; publicitário, Leite Soares; revisor, professor Manoel Valdeci de Vasconcelos, Assessor Financeiro Wilson Calixto e os colaboradores: Silveira Rocha, Artemísio da Costa, Pe. Valdery da Rocha, João Barbosa PP Cavalcante, Pe. João Batista Nery, Adalberto Mendes, Osvaldo Avelino, William Vasconcelos, Marcelo Marques, Prof. José Luis Lira, Chico Prado, Silveira Rocha e Professor deputado José Teodoro Soares e dentre outros.

Com a nossa equipe pequena, porém autêntica e a expressividade dos colunistas, o Correio da Semana, atingiu o apogeu, completou no dia 31 de março deste ano, 98 anos. Uma história, contada, dentro da história.

A diretoria do jornal agradece a todos os colunistas e colaboradores, pela assuidade em suas matérias e ajuda primordial para o sucesso deste semanário. Como também aos patrocinadores e assinantes, que têm nos confiado seus produtos para divulgação e em especial aos leitores, razão maior destes 98 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: