Correio da Semana é fonte de pesquisa para mestranda da UFC

O Jornal Correio da Semana completou 99 anos na sexta-feira, (31). Aproximando-se de um século de circulação, sob a responsabilidade da Diocese de Sobral, este tablóide mostra  toda a sua vitalidade cumprindo fielmente a sua missão de informar e difundir os ideais da Igreja Católica. Além dessa valorosa missão, o periódico também é um raro instrumento do registro histórico de Sobral através do tempo, transformando-se em uma importante fonte de pesquisa. E nesta condição, atrai estudantes, não só dos colégios da cidade para visitação na sede do Jornal, mas também acadêmicos e pós-graduandos que o utilizam em seus estudos.

            A mestranda do Curso de História da Universidade Federal do Ceará (UFC), Ana Carolina Rodrigues, está realizando a sua pesquisa para escrever a sua dissertação usando o Jornal Correio da Semana como fonte de estudo. O trabalho da pesquisadora aborda os escritos do Padre Lira no jornal, em sua coluna Nossa História, durante 11 anos. Ana Carolina fala da importância do Correio para a sua dissertação. “O Jornal Correio da Semana por ser o jornal mais antigo do Ceará em circulação é uma fonte de pesquisa muito rica para qualquer área de estudo, não só de Sobral, mas para toda zona Norte”, explica a mestranda.

Transformações

            A pesquisadora, que está tendo como objeto de estudo os escritos do Padre João Mendes Lira, historiador sobralense, tentará compreender como ele entendia as mudanças que Sobral. “Na sua coluna Nossa História, onde foi um escritor assíduo por mais de 11 anos, há um material incrível, não só de Sobral, mas também de cidades vizinhas. Meu estudo é tentar compreender como o Padre Lira entendia o progresso e as mudanças da época, bem como o próprio conceito de história, Como ele pensava o passado frente às transformações que a cidade estava sofrendo na década de 70”, revela Ana Carolina Rodrigues, reforçando o importante papel do Jornal Correio da Semana para a sua dissertação.

%d blogueiros gostam disto: