Diocese de Sobral dá início a peregrinação com imagem da Padroeira do Brasil

A peregrinação faz parte das comemorações do “Jubileu: 300 anos de bênçãos”, onde imagens peregrinas percorrerão as paróquias de todo o Brasil até o dia 12 de outubro, data em que será celebrada a festa da Padroeira

A Diocese de Sobral em comemoração ao Ano Jubilar Mariano, deu início no dia 1º de maio a peregrinação com a imagem de Nossa Senhora Aparecida. A celebração de envio foi realizada na Catedral da Sé com missa presidida por Dom Vasconcelos.

Ao final da celebração, uma comitiva da Paróquia de São Sebastião, da cidade de Ipu recebeu a imagem peregrina, que ficará na cidade até o próximo dia 08. É a primeira paróquia da Região Episcopal do Araras a receber a imagem.

Em entrevista concedida à Pastoral da Comunicação de Ipu, padre João Vasconcelos, pároco da cidade, fala sobre a importância dos fiéis olharem para Maria como modelo de obediência, e afirma: “Como Maria, devemos aprender a dar um sim ao chamado de Deus, como Maria devemos aprender que a missão evangelizadora é um serviço”, conclui.

O Pároco de Ipu também manifesta a satisfação em acolher a imagem peregrina e diz que a peregrinação é uma oportunidade para os fiéis expressarem sua fé, e continua: “por isso a gente tem a alegria de poder acolher não só a visita da imagem de Nossa Senhora, mas, de todos os filhos, devotos, comunidades, paroquianos de um modo geral, as pastorais, grupos e movimentos, para que façamos dessa peregrinação uma grande expressão da nossa fé”, afirma o pároco.

De acordo com Dom Vasconcelos, em entrevista concedida ao Correio da Semana, a imagem peregrina foi oferecida às paróquias pelo Santuário de Aparecida, quando então iniciou o projeto “Rota 300”, uma ação inicialmente voltada para a juventude.

A imagem que já havia peregrinado pelo território diocesano, por ocasião do centenário da Diocese, foi devolvida ao Santuário Nacional ao final do percurso. No entanto, de acordo com Dom Vasconcelos, a pedido dos bispos, as imagens foram presenteadas às dioceses por onde haviam passado, como afirma o Bispo: “No ano seguinte nós os bispos pedimos que o Santuário Nacional presenteasse as Dioceses com as imagens, isto é, que as imagens não voltassem para o Santuário, mas permanecessem nas Dioceses. A proposta foi aceita pelo Santuário. As Dioceses onde a peregrinação já havia ocorrido adquiriram o direito de buscar de volta a Imagem peregrina. Foi o que ocorreu com a Diocese de Sobral. Fui ao Santuário e trouxe de volta a imagem. Este Ano, como estamos vivenciando o Ano Mariano comemorativo aos 300 anos do encontro da imagem, pensamos em realizar a peregrinação de maio até o dia 12 de outubro, passando por todas as paróquias da Diocese, o que não foi possível da primeira vez”, afirmou o Bispo.

Dom Vasconcelos, ainda nos fala da importância da peregrinação da imagem como forma de obter graças. “A peregrinação traz grande alegria ao Povo de Deus. ‘Como posso merecer que a mãe do meu Senhor venha me visitar?’ Perguntou Santa Isabel a Nossa Senhora. É uma forma de homenagear a Santa Rainha e Padroeira do Brasil, agradecer e obter graças por sua intercessão”, conclui Dom Vasconcelos.

Até o dia 12 de outubro a imagem percorrerá por todas as paróquias e áreas pastorais da Diocese, conforme o cronograma abaixo:

– Região Episcopal do Araras: 01/05 à 11/06

– Região Episcopal Vale do Acaraú: 11/06 à 23/07

– Região Episcopal Vale do Coreaú: 23/07 à 03/09

– Região Episcopal Sede: 03/09 à 12/10

No encerramento, no dia 12/10, haverá uma caminhada com Maria pelas ruas de Sobral, saindo do Arco Nossa Senhora de Fátima até a Catedral da Sé, onde haverá uma santa missa presidida pelo Bispo Diocesano com a participação de todas as regiões episcopais.

 

João Paulo de Oliveira

Estudante de Jornalismo

 

Legenda da foto: Padre João Vasconcelos recebendo a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida

Créditos da foto: Denilson Feitosa (Pascom de Ipu)

%d blogueiros gostam disto: