Livro “Padre Osvaldo – Coletânea de Sermões” é lançado em Sobral

O Theatro São João encolheu devido ao grande número de admiradores da luz, inteligência e sabedoria que não pôde se fazer presente, mas era a grande estrela da noite da quarta-feira, 16. Na memória e respeito de todos os que ali prestigiavam o momento, as palavras impressas no livro “Padre Osvaldo – Coletânea de Sermões” que fora distribuído de forma gratuita na entrada, honravam a figura de um homem cheio de fé, íntegro e sábio que contribuiu para o desenvolvimento espiritual e educacional da sociedade sobralense.
Como o dono dos sermões não estava presente, várias autoridades como o prefeito de Sobral Ivo Ferreira Gomes, o ex-governador do estado Ciro Ferreira Gomes, a vice-governadora Izolda Cela, irmãos no sacerdócio como o Pe. José Linhares Ponte,  Pe. João Batista Frota e Pe. José Erivaldo da Ponte Prado que representou o bispo diocesano Dom Vasconcelos, professores como Juarez Leitão e responsáveis diretos pela elaboração do livro como Jacó Araújo foram chamados a compor o palco, e apresentar suas experiências e agradecimentos ao padre professor de Português que se dedicara com igual intensidade às suas funções.
O livro foi publicado com recursos da Prefeitura Municipal de Sobral por meio da Secretaria da Cultura, Juventude, Esporte e Lazer (Secjel) e do Instituto Escola de Cultura, Comunicação, Ofício e Artes (Ecoa). Teve incentivo do ex-prefeito de Sobral José Clodoveu de Arruda Coelho Neto, assim também como dedicação e empenho de Jacó Araújo, que foi o responsável por executar os manuscritos dos sermões de Padre Osvaldo Carneiro Chaves.

O Padre professor de Português
Pe. José Linhares Ponte, ressaltou ser uma alegria imensa está falando sobre um ser intenso: “O teólogo vai encontrando o antropólogo; o sociólogo, o místico vai encontrando o sacerdote e encontra o homem em sua integralidade, não só em sua inteligência, mas sobretudo com o coração cheio de amor e ternura”, argumentou ele ao falar de Pe. Osvaldo.
O executor dos manuscritos dos sermões do Pe. Osvaldo Chaves, Jacó Araújo confessa ter começado a escrever as homilias pelo estímulo causado pelo aprendizado dos ensinamentos sagrados, como as diferenças das celebrações no decorrer do ano litúrgico. O ex-governador do estado Ciro Gomes enfatiza ao lembrar de seu professor de português: “Para além de um extraordinário educador, um pastor que tinha dote, dominava o vernáculo como ninguém. Suas abstrações certamente serão vistas como referência para nossa comunidade”.
Ao relembrar alguns ensinamentos recebidos por meio de Pe. Osvaldo, o prefeito Ivo Ferreira Gomes agradeceu a enorme contribuição do sacerdote e educador em sua vida pessoal e acadêmica: “O que se passa na educação de sobral hoje, boa parte devemos a ele”, aponta ele. A vice-governadora do estado, Izolda Cela, que também foi aluna de Pe. Osvaldo ressaltou a importância do livro em circular para “que possamos conhecer e amar Nosso Senhor Jesus Cristo”, conclui.

%d blogueiros gostam disto: