Mês das vocações dá início a um itinerário espiritual de oração e missão

Abertura oficial do mês vocacional será no próximo domingo, 5. Santa missa será presidida pelo bispo diocesano Dom Vasconcelos na Catedral às 9h. Também será lançada a Obra das Vocações Sacerdotais (OVS) na Diocese de Sobral

Mês dedicado às vocações, cada domingo de agosto traz o convite à oração por uma vocação específica. O período também dá início a um itinerário espiritual que segue com o mês dedicado à bíblia, em setembro, o chamado à missionariedade em outubro e à santidade com o dia dedicado a todos os santos em 1º de novembro. O tema vocacional deste ano é “Seguir Jesus à luz da fé” e o lema “Sei em quem acreditei”. Na Diocese de Sobral, a abertura oficial ocorrerá no próximo domingo, 5, começando com a hora santa vocacional com adoração ao Santíssimo Sacramento às 8h seguida de santa missa solene presidida pelo bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos na Catedral de Nossa Senhora da Conceição (Sé) às 9h. Na ocasião, haverá o lançamento oficial do movimento Obra das Vocações Sacerdotais (OVS), cujo objetivo é rezar pelas vocações sacerdotais, auxiliar materialmente e espiritualmente os futuros sacerdotes e incentivar toda a comunidade cristã a despertar e desenvolver nas famílias o interesse pelas vocações sacerdotais.

O mês vocacional traz dois convite aos fiéis: a oração pelas vocações e a abertura do coração para ouvir a Deus e seguir sua vontade, segundo o bispo diocesano Dom José de Vasconcelos em vídeo temático dedicado ao mês vocacional. “Vocação é chamado de Deus. O Senhor nos disse: Peçam ao Senhor da messe que envie operários para sua messe porque a messe é grande e os operários são poucos. E disse aos seus apóstolos: Não fostes vós que me escolhestes, eu que vos escolhi. Nós cremos nisso. Vocação é chamado de Deus. Se você escuta chamado por Deus, cumpra a sua vocação”, ressalta.

Dom Vasconcelos lembra ainda que este ano está sendo promovida na Diocese de Sobral uma campanha: Uma vocação por comunidade. “Em cada comunidade, deve surgir uma vocação para o sacerdócio, para a vida religiosa, mas também uma vocação missionária, leiga. Neste ano, estamos promovendo o mês vocacional e estamos convidando todas as comunidades a rezarem diariamente pelas vocações antes de cada missa, antes de cada reunião pastoral”, ressalta.

O itinerário espiritual que a Igreja nos propõe eleva o olhar dos fiéis à eternidade, de acordo com Dom Vasconcelos em vídeo. “Neste tempo comum, a Igreja nos propõe um itinerário: agosto, mês das vocações; setembro, mês da bíblia e o mês das missões em outubro. Significa dizer que o Senhor nos chama no mês de agosto, vocação é chamado; entrega-nos um instrumento de trabalho, a bíblia sagrada, e depois nos envia em missão. Se quisermos continuar, podemos dizer que novembro também é um mês temático porque o dia primeiro traz o dia de todos os santos e no segundo, o dia dos finados. Significa dizer que a vocação que recebemos, a capacitação que tivemos e a missão que realizamos tem uma meta: a eternidade”, ressalta.

Serviço
Abertura do mês vocacional
Onde: Catedral de Nossa Senhora da Conceição (Sé)
Quando: Domingo (05 de agosto)
às 9h

Vocações específicas
Durante o mês de agosto, celebramos vocações específicas. O primeiro domingo é o Dia do Padre, lembrando que 4 de agosto é dedicado à memória de São João Maria Vianney, padroeiro dos padres. O segundo domingo de agosto é o Dia dos Pais, dia de alegria, de festa familiar. O terceiro domingo de agosto, na festa da Assunção de Maria aos Céus, dedicamos à oração pela vocação à vidta religiosa e consagrada. No quarto domingo, celebramos a vocação dos leigos.
No primeiro domingo, de acordo com Dom Vasconcelos, o chamado é a agradecer a Deus pelo pároco e rezar pelas vocações. “Convidamos todo o povo de Deus a iniciar o mês de agosto parabenizando o seu pároco e agradecendo a Deus pelos sacerdotes que nos enviastes. O Senhor nos disse: Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração. Como é bom contar com um padre, um homem que deixa tudo para dedicar-se exclusivamente ao anúncio do Reino, alguém que nos escuta e nos aconselha e que tem o poder de transformar o pão e vinho em corpo e sangue de Jesus, alguém que recebeu a missão de nos reconciliar com Deus e com os irmãos, que absolve os nossos pecados. Neste domingo, convido a todos a agradecerem a Deus pelos nossos pastores e pedirem ao Senhor da messe que envie operários para a sua messe porque a messe é grande e os operários são poucos”, ressalta.

%d blogueiros gostam disto: