Semana Missionária de Acaraú reúne cerca de 500 participantes

Tema geral foi “A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída” e o lema “A quem eu te enviar, irás” (Jr 1,7). II Semana Missionária Diocesana foi realizada de 6 a 13 de janeiro na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Acaraú

Teresa Fernandes

Jornalista

Correio da Semana

Com um número de missionários participantes estimado em cerca de 500 pessoas, a II Semana Missionária Diocesana foi realizada de 6 a 13 de janeiro na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Acaraú. O tema geral foi “A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída” e o lema “A quem eu te enviar, irás” (Jr 1,7). Foram 70 missionários não paroquiais, além de 25 sacerdotes e 16 seminaristas. No próximo ano, a Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Reriutaba sediará a missão. A primeira edição da Semana foi realizada na paróquia de Santa Luzia em Jijoca de Jericoacoara.

Os trabalhos missionários contaram com a participação de sacerdotes, seminaristas, missionários e leigos pertencentes a várias paróquias da Diocese de Sobral. “A missão é diocesana porque a ideia é que todas as paróquias mandem representações missionárias”, explicou o pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Acaraú, Pe. José Edmilson Eugênio Nascimento.

As famílias acarauenses acolheram e abriram suas casas para receber os missionários, em um movimento de evangelização, confissões e orações. A Semana Missionária trouxe um avivamento na fé dos cristãos católicos. “Reforça a consciência missionária das pessoas que vão se envolvendo. Muitas pessoas não têm consciência da identidade missionária, aceitam o convite e se empolgam com a oportunidade de entrar no grupo e se animam muito. O primeiro beneficiado é o próprio missionário que se sente muito recompensado com o trabalho que realiza. A alegria foi grande porque a Igreja é missionária por natureza”, garante.

Para Pe. Edmilson, a ação missionária é necessária, mas não é suficiente para uma explosão missionária na paróquia. “A missão paroquial é uma atividade necessária, importante para a vida da Igreja, mas uma ação missionária específica não é suficiente para uma explosão missionária. É uma construção continuada”, avalia. O sacerdote disse ainda que toda a Diocese de Sobral deve avançar nas ações de evangelização.

Programação

O encerramento da Semana Missionária no dia 13 de janeiro contou com missa solene às 19h, celebrada pelo bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, concelebrada pelo pároco Pe Edmilson, pelo vigário Pe Valdir Braga e pelo reitor do Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição em Fortaleza, Pe. Antônio Eudes Cruz. A intensa programação teve início às 7h com oração e café partilhado. Às 8h, cada comunidade elaborou seu relatório de avaliação. Houve missa também às 12h.

Após a oração da manhã às 7h, a programação da segunda-feira, 8, contou com visitas missionárias a partir das 8h, missão ou estudo às 14h e celebração Palavra/Eucaristia/Louvor às 19h30 com o tema “Vendo as multidões cansadas e abatidas, Jesus teve compaixão.” (Mt 9,36). A programação da terça-feira, 9 de janeiro, teve início às 5h30 com a caminhada penitencial (renovação do batismo), seguida por oração e café partilhado. As visitas missionárias nas residências e repartições começaram às 8h. A programação de missão e estudo às 14h foi seguida por Reunião Catequética com as crianças às 17h com o tema “Proclamar as coisas boas… Denunciar o que atrapalha a vida”.

Na quinta-feira, 11, as visitas missionárias tiveram início às 8h, após a oração. Às 19h, foi realizada uma reunião catequética com casais e pais solteiros, além de celebração Palavra/Eucaristia/Louvor. O tema do dia foi “Eu vos dou um novo mandamento”. Na sexta-feira, 12, a programação teve início às 5h30 com a Caminhada Penitencial, seguida por Oração e lanche partilhados. As visitas missionárias nas residências e repartições foram realizadas a partir das 8h. À noite, a partir das 19h, foi realizada Reunião Catequética com os Jovens em cada comunidade, seguida por celebração com três pilares: palavra, Eucaristia e louvor. O tema do dia foi “Jesus se retirava” com o objetivo de mostrar a beleza e a importância da oração da da meditação pessoal. (Com informações da Pascom de Acaraú)

 

%d blogueiros gostam disto: