TV aberta em Sobral seguirá padrão internacional

Sobralenses só conseguirão assistir programação de TV aberta utilizando o sinal analógico até 31 de outubro. Cerca de 60 mil domicílios já receberam kits digitais

O sinal analógico de TV será desligado no último dia do mês de outubro nos municípios de Sobral, Forquilha, Massapê e Santana do Acaraú. As emissoras cumprirão as determinações da ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) que visa digitalizar todo o país até 2023. O desligamento começou no dia 28 de agosto, e depois do dia 31 de outubro, os sobralenses só conseguirão assistir a programação de TV aberta utilizando o sinal digital. Dos 60 mil kits disponibilizados pelo governo na região e distribuídos pela Seja Digital às famílias cadastradas em programas sociais, 12 mil ainda devem ser entregues em Sobral.
Além da mudança de sinais, o processo de migração irá permitir a oferta futura da banda larga 4G elevando a qualidade desses serviços em todo o país. De acordo com a consultora de mobilização da Seja Digital, Carla Prata, 48 mil kits foram entregues para as famílias cadastradas em programas sociais como o “Bolsa Família” e “Minha Casa Minha Vida” somente em Sobral. “As pessoas que possuem direitos e não receberam o kit, ainda podem ligar grátis para o 147 ou acessar o site sejadigital.com.br para fazer o agendamento e retirada de seu kit digital”, ressalta ela.
Segundo Carla Prata: “Com essa mudança a programação de TV aberta em Sobral e região, assim como no Brasil, seguirá padrões internacionais. Como já aconteceu em países como China, Estados Unidos e Reino Unido; permitindo aos telespectadores desfrutarem de imagem mais nítida, som de melhor qualidade sem ruídos ou chiados”, enfatiza ela.

Preparação
Os telespectadores que possuem TV paga ou parabólica não precisam se preocupar no primeiro momento. “Quem ainda não se organizou e não tem direito de receber o kit deve estar procurando no comércio local, pois existem vários modelos de antenas, receptores e televisores”, explica Carla Prata. Para essas pessoas, não existem recomendações especiais. “A sugestão da Seja Digital é que a antena digital fique exposta para o lado de fora da casa na parte superior do telhado”, acentua Carla.
A consultora de mobilização da Seja Digital lembra que as pessoas que possuem TV de tubo ou TV led/plana fabricada até 2010 irão precisar colocar o kit digital (composto da antena digital e conversor). “Quem tem a TV fabricada de 2011 para cá, essa já tem o conversor embutido; só vai precisar instalar a antena digital. No comércio local existe uma variedade desses equipamentos e pessoas preparadas para dar as devidas orientações”, conclui ela.

Aleksandra Praciano, estudante de Jornalismo
“Meu aparelho não possui sinal digital; pega só alguns canais. Não pretendo comprar o kit, não sou de assistir televisão. Seria um gasto, e como não temos ligação direta, estamos deixando para lá. Pretendo trocar a TV, mas mais para frente, porque não podemos fazer isso agora. Infelizmente no nosso estado a pobreza ainda é grande, existem muitos desempregados, muitos não fazem nem parte de programas do governo e não poderão se beneficiar da qualidade do sinal digital”.

Jhonantan Felipe, atendente de Farmácia
“A imagem digital é bem melhor que a analógica. Não há comparação. O áudio tem qualidade excelente, sem ruídos ou barulhos que atrapalhem o entretenimento. O sinal digital veio somente para somar”.

%d blogueiros gostam disto: