Conversando com mãe Dilma

Olá mãe Dilma, a senhora por acaso vai comprar armas, ou ainda guarda aquelas dos tempos idos de 60? Ah, não tem e também não se lembra? Com certeza é tudo mentira do Bolsonaro. Falando nisso, quem está por trás do namoro que o Camilo pretende ter com o Planalto?
Já que falamos em namoro, a senhora está vendo como o Ciro tem mudado o discurso? Ele agora virou admirador do Moro e diz que o padrinho Lula é um preso comum. E ai a senhora não vai falar nada?
Sim, antes que eu me esqueça: por que cargas d’água a senhora perdeu as eleições em Minas Gerais, quando todos já davam a senhora como eleita? A senhora acha mesmo que a facada no Bolsonaro prejudicou sua campanha? Feita facada doida.
Quer dizer que a senhora só virá ao Ceará quando acabar a violência? Vai demorar um pouco, né? Falando nisso, que fim levou o Cid Gomes, que anda mais calado do que rádio sem pilha. Venha logo e traga as receitas da mandioca.
Vou indo mãe Dilma, pois tá vindo ali um povo com umas garrafas, e eu penso logo em coquetel. Sábado a gente papeia melhor.
………………………………………………..
O governo Bolsonaro está conseguindo subir a Bolsa de Valores e diminuir o Bolsa-Família.
Brasileiros poderão ter em casa ao menos quatro armas; baladeira, jucá, Arco de Flecha e banda de tijolo.
Ciro Gomes está recebendo a turma do Moro à bala de chocolate.
Bandidos no controle de algumas comunidades estão impedindo ligação de luz e coleta de lixo. Manda quem pode e obedece quem tem juízo.
Aos poucos os soldados da Guarda Nacional vão tomando conta do Estado que os governantes não deram conta.
Camilo está pagando por informações que a polícia já sabe há tempos, e que não resolve por falta de autorização.
O azul dos meninos e o rosa das meninas está deixando a ministra Damares em apuros no ministério.

%d blogueiros gostam disto: