“HÁ” E “A” (emprego e USO)

“HÁ” é forma do verbo haver; “A” é preposição. Cada um tem uso distinto: Há tempos não viajo (há = faz); Cobramos a nota promissória há 30 dias (há = faz).

É comum a palavra “tempo” ou “tempos” estar subentendida. Quando se constrói “há muito”, a palavra “tempo” se encontra subentendida: Há muito tempo.

‘A” se usa quando a substituição por “faz” não é possível: Daqui a pouco serão dez horas; O homem morreu a três passos de mim; O Flamengo marcou o gol a dois minutos do final do jogo; Cobramos a promissória a trinta dias do seu vencimento; O cometa Halley passou a milhões de quilômetros da Terra.

Como se vê, não há propriedade em dizer que “há” se usa para fatos passados e “a” para fatos presentes ou futuros.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: