Fiéis participam das celebrações da Semana Santa, em Sobral

foto principal procissão (1)

Momentos de celebração, recolhimento e reflexão, sobre o maior ato de amor pela humanidade, marca o período mais importante para os cristãos: a Semana Santa. O Domingo de Ramos, 20 de março, abriu a semana, encerrando no Domingo de Páscoa, 27 de março. O Bispo de Sobral, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, presidiu celebrações na Catedral de Nossa Senhora da Conceição (Centro) Sobral).

A Missa e a procissão de Ramos foram realizadas no domingo, 20 de março. A celebração eucarística teve início às 8h, no Santuário São Francisco, no Centro de Sobral. Após a proclamação do Evangelho, o Bispo seguiu com os fiéis, em procissão, até a Catedral da Sé, também no centro da cidade, onde deu continuidade à solenidade.

·  Missa do Crisma – Santos Óleos

Na Quinta-feira Santa, dia 24 de março, a Missa dos Santos Óleos (Missa do Crisma) teve início às 8h, na Catedral da Sé, no Centro da Cidade. Segundo a liturgia da Igreja, a Santa Missa é celebrada na quinta-feira santa pela manhã, antes da celebração da Santa Ceia.

Na Missa dos Santos Óleos, os padres da Diocese, juntamente com o Bispo, renovaram os compromissos sacerdotais.

A Missa da unidade ou dos “Santos Óleos” reuniu, em torno do Bispo, o clero da Diocese e todo o povo de Deus, ou ao menos uma boa representação das comunidades paroquiais que formam a diocese. Uma vez caracterizada como uma grande ação de graças a Deus, pela instituição do ministério sacerdotal na Igreja, nela, os padres presentes renovaram as promessas sacerdotais.

Na Liturgia da Igreja, evidenciam-se três óleos: Óleo dos ENFERMOS, Óleo dos CATECÚMENOS e Óleo do Santo CRISMA. Os dois primeiros Santos Óleos são abençoados, e o terceiro é consagrado pelo Bispo com todo o seu presbitério.

·  Missa da Ceia do Senhor – Lava-Pés

Na Quinta-feira Santa, 24 de março, os fiéis participaram da tradicional Missa da Ceia do Senhor – Lava-Pés. O Bispo presidiu a celebração às 18h, na Catedral da Sé. A cerimônia lembra o momento em que Jesus estava reunido com os apóstolos, antes de ser preso. Na ocasião, foram instituídos a Eucaristia e o ministério sacerdotal. Dom Vasconcelos repetiu o gesto de humildade de Jesus, lavou e beijou os pés de doze pessoas.

·  Sexta-feira da Paixão e Morte do Senhor

A Sexta-feira da Paixão, 25 de março, é o único dia do ano em que não há Missa em nenhuma igreja católica do mundo. Para marcar a crucificação e a morte de Jesus, às 15h, o Bispo presidiu a Celebração da Paixão, na Catedral da Sé. O rito é composto por Celebração da Palavra (leitura de Salmos e do Evangelho da Paixão), Oração Universal da Igreja, Exaltação da Santa Cruz e Comunhão. Às 17h, os fiéis seguiram em Procissão do Senhor Morto, que percorreram as Ruas do Centro de Sobral.

·  Sábado de Aleluia

No Sábado de Aleluia, a Igreja vivencia a espera da ressurreição de Jesus. Às 20h, do dia 26 de março, na Catedral de Nossa Senhora da Conceição, os católicos participaram da Vigília Pascal. A celebração começou pela bênção do fogo e do Círio Pascal – grande vela que representa a luz do Cristo ressuscitado. Durante o ritual, os fiéis renovaram as promessas batismais. Em seguida, a Missa seguiu os ritos tradicionais.

·  Domingo de Páscoa

Na alegria da ressurreição de Cristo, no Domingo de Páscoa, 27 de março, a data marcou o início do período Pascal para a Igreja. Na manhã de Domingo da Ressurreição (05), centenas de fiéis participaram com muito entusiasmo, da procissão do Senhor Ressuscitado pelas ruas históricas de Sobral, bem como da Santa Missa Solene da Ressurreição, na Igreja Catedral. A procissão deixou a Igreja Catedral às 06h e seguiu o trajeto tradicional. O Pe. João Vasconcelos, pároco da catedral, Irmandade do Santíssimo e coroinhas estiveram presentes na procissão e na Missa da Ressurreição que aconteceu logo em seguida, presidida pelo Pe. Marcos Uchôa. À noite, às 18h30, Dom Vasconcelos celebrou a missa solene.

Ao som dos repiques dos sinos da Igreja catedral e com os acordes da banda municipal, a imagem do Senhor Ressuscitado percorreu as ruas históricas da cidade, acompanhada por devotos fervorosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: