Monsenhor Gonçalo de Pinho Gomes celebra 80 anos bem vividos

80 anos pe. gonçalo (5)

Não só o Correio da Semana, mas, também, uma multidão de pessoas ligadas pelos mais variados vínculos ao monsenhor Gonçalo de Pinho, inclusive a própria Diocese de Sobral, se alegra, se regozija e se rejubila com o solícito e operoso sacerdote, na significativa e gratificante data dos seus bem vividos 80 anos de existência.

Monsenhor Gonçalo Pinho Gomes, nasceu em Poranga, no dia 28 de março de 1936, filho do casal, Raimundo Gomes Elesbão e Maria Rodrigues Pinho. Fez seus primeiros estudos em sua terra natal, tendo concluído o Curso Primário em Ipueiras.

Em 1950 ingressa no Seminário São José de Sobral, criado e conduzido pelo espírito pioneiro de Dom José Tupinambá da Frota. Concluídos os estudos secundários no Seminário Menor, segue em 1956 para o Seminário da Prainha em Fortaleza, onde completou o Curso Superior de Filosofia e Teologia no final de 1962.

Sua ordenação sacerdotal se deu em Poranga, no dia 6 de janeiro de 1963, presidida por Dom João José  da Mota Albuquerque.

O novo presbítero, teve a Paróquia de Acaraú como início de suas atividades, na condição de vigário cooperador do Pe. Sabino Lima Feijão, durante o ano de 1963. Assumiu a Paróquia de Aracatiaçu no período de 1964 a 1976. A partir deste ano, dirigiu a Paróquia da Catedral de Sobral até 2012.

Com a finalidade de aprimorar seus estudos cursou a Faculdade de Filosofia de Sobral de 1968 a 1971.

O Monsenhor Gonçalo Pinho teceu, em artigo publicado no livro Ad Vitam que homenageou os 90 anos do Seminário da Betânia, as seguintes considerações sobre sua pessoa: “minhas atividades não se restringiram aos trabalhos pastorais. Exerci também o magistério como professor de ensino fundamental, médio e superior. O trabalho, os compromissos e a missão não me fizeram esquecer os momentos de lazer. Gosto de praia, esporte, música e viagens. Conheço quase todo o Brasil. Já visitei alguns países da América Latina. Percorri rapidamente toda a Europa Ocidental e tive a alegria de conhecer Israel e Grécia. Atualmente sou pároco emérito da Catedral, capelão administrador da Capela de Cristo Rei na Paróquia do Patrocínio e Vigário Geral da Diocese de Sobral. Resido na Rua das Dores, 68 no centro de Sobral. Lúcido, ainda bastante disposto, continuo vivendo, com alegria, minha missão de evangelizador”. “O Senhor me ungiu. Enviou-me para anunciar a Boa Nova (Is 61,1)”.

Estes breves dados acerca do Monsenhor Gonçalo Pinho Gomes, não possuem o dom de alcançar e exprimir em cheio o valor, as qualidades, as virtudes que ornam a pessoa do ilustre e culto aniversariante. Elas, também, não avaliam a dedicação, o zelo, os esforços e as diligências empreendidos por ele no oficio de pároco e de pastor interessado no bem-estar e na felicidade de seu rebanho, tendo como foco estimular o amor de Cristo e de sua Igreja, amor este por ele apregoado, no sentido de se derramar e se estender por todo a sua grei.

Não possui, outrossim, o condão de traduzir o afanoso trabalho por ele exercido em prol do ensino e do saber, no desejo de ioncutir, como professor preparado, na mente do seus alunos, os elevados valores da instrução.

Sirvam, todavia, estes escritos, como mensagem de apreço, estima e consideração do Correio da Semana, da comunidade sobralense e de outras plagas, com votos de muitas venturas e felicidades em Cristo, ao Monsenhor Gonçalo de Pinho, nas festividades dos seus 80 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: