Festa em Viçosa, na Ibiapaba

A Serra da Ibiapaba, ou, no enquadramento geográfico atual, Cuesta da Ibiapaba começou a ser colonizada em Viçosa do Ceará, ainda no século XVI. Em Viçosa nasceram o General Tibúrcio, herói da Guerra do Paraguai, sacerdotes, profissionais de todas as áreas e, ainda, Clóvis Bevilaqua, o maior civilista brasileiro, autor do projeto do monumental primeiro Código Civil Brasileiro, feito em apenas 6 meses e que passou 16 anos no Congresso, por conta da relatoria de Ruy Barbosa.

Instituto dos Advogados do Ceará – IAC

Prestes a completar 85 anos, fundado em 4 de julho de 1931, quase dois anos antes da criação da Ordem dos Advogados do Ceará, inspirado no Instituto dos Advogados Brasileiros, de 7 de setembro de 1843, do qual foi sócio o grande jurista cearense Clóvis Bevilaqua, o IAC teve seus estatutos redigidos pelos juristas Dolor Barreira, Faustino Nascimento e José Martins Rodrigues. Atualmente é presidido pelo advogado e literato João Gonçalves de Lemos. Com seleto número de membros, o IAC guarda a proto-história da advocacia cearense.

Homenagem a Clóvis

Toda a advocacia cearense celebra o centenário do Código Civil de Clóvis Bevilaqua, conclamada pela própria Ordem dos Advogados do Brasil-Ceará, que acolheu propositura nossa enquanto presidente da Academia Sobralense de Letras Jurídicas e da presidência da Academia Brasileira de Cultura Jurídica. O IAC aproveitando a reunião do Colégio dos Presidentes dos Institutos dos Advogados Brasileiros, presidido pelo Dr. José Horácio Halfeld Rezende Ribeiro, presidente do Instituto dos Advogados de São Paulo, o IAC realizou festiva sessão em homenagem ao jurista Clóvis Bevilaqua em sua terra natal, Viçosa do Ceará, para lá levando representação da advocacia brasileira e empossado os advogados Ana Paula de Araújo Holanda, Glauco Cidrack Menezes, José Luís Lira e Paulo Quezado, recebidos pelo tribuno e advogado Neuzemar Gomes de Moraes, com agradecimentos de Paulo Quezado e palestra sobre Clóvis por Ana Paula Holanda. Foi um indelével momento.

Recepção

Fomos recebidos pelo Prefeito Municipal, Divaldo Soares e quase todo seu secretariado. Após a bela solenidade fomos conhecer uma moderna escola construída com recursos próprios do Município que não deixa a desejar em nada às das grandes cidades, em termos de infraestrutura. Até um advogado de outro Estado disse, na ocasião, que gostaria de residir na aprazível Viçosa que se ornou de névoa para nos receber e na saída lembrava o bucolismo tradicional das cidades serranas. Ave, Viçosa do Ceará! Este ano muito mais de Clóvis! Ave, IAC! Obrigado pela acolhida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: