Temas Cotidianos

8 de março: dia da Mulher. O quê dizer da mulher? A Bíblia diz que ela, sábia, edifica seu lar e, porque não dizer também, a sociedade. Jesus, o Filho de Deus, nasceu de Maria que se tornou símbolo de Mãe e acolheu toda a humanidade sob seu manto. Elas estão em união familiar (às vezes liderando o lar), são solteiras, professoras, executivas, independentes, meigas, sensíveis, fortes e líderes… O poeta fez-lhe musa, dedicando-lhe os melhores versos de amor, ágape e eros; os músicos fizeram-lhe as mais belas canções; os maridos, namorados a amam, amaram; os filhos a puseram no oratório do coração. Toda mãe é uma santa para aquele que ela gerou e que lhe reconhece.
Mulher sobralense. Sobral é uma cidade de muitas particularidades que raramente encontramos em outros solos. Aqui nasceu a libertária Maria Thomásia, fundadora da Sociedade Cearense Libertadora. Simbolicamente é berço da mulher coragem, Luzia Homem. Mulheres: mães, educadoras, profissionais liberais, políticas, advogadas, escritoras, jornalistas… Dá uma vontade danada de cantar com Erasmo Carlos: “Dizem que a mulher é o sexo frágil/ Mas que mentira absurda!/Eu que faço parte da rotina de uma delas/ Sei que a força está com elas/ Vejam como é forte a que eu conheço/ Sua sapiência não tem preço…/ Mulher! Mulher!/Do barro de que você foi gerada/ Me veio inspiração/ Pra decantar você nessa canção/ Mulher! Mulher!/Na escola em que você foi ensinada/ Jamais tirei um 10/ Sou forte, mas não chego aos seus pés…”
Nomes. Fica difícil citar nomes, mas, alguns são inesquecíveis, e outros dão-nos alegria: Maria Thomásia Figueira Lima, Sinhá Saboya, Maria José Santos Ferreira Gomes, Maria Norma Maia Soares, Dinorah Thomaz Ribeiro Ramos, Leilah Coelho, Rachel de Queiroz(entre tantas que estão na glória); Zuleika Viana, Zilmar Coelho, Mestra Anísia, Giovana Saboya, Tereza Ramos Fonteles, Izolda Cela, Ir. Osvalda,Maria do Carmo Carvalho de Arruda Coelho, Jacira Pimentel, Izabelle Mont’Alverne, Fátima Monte Coelho, Osvânia Pinto, Ebe e Ada Pimentel, Chrislene Santos, Joyce Bezerril, Lili Cristino, Luíza Lira, Matusahila Santiago, Maria Luiza de Queiroz. Anísias, Antonias, Reginas, Elianas, Beatrizes, Suzanas, Iracemas,Madalenas, Claras, Catarinas,Marias, Antonias, Fernandas, Teresas e Teresinhas, Rogeanes,Cristinas, Joanas, Amélias, Neusas, Michelles, Elisianes, Valnices, Anas, Paulas, Paulinas,Luzias, Cláudias, Marinetes, Fátimas, Patrícias, Lucianas, Marietas,Karines,Mônicas, Elianes, Éricas, mulheres… de todas as classes, profissões, cores, raças e religiões, recebam nossa homenagem sincera em prece Àquela que “em cada mulher, deixou um traço de Deus e um sonho de Mãe plantou”, a Imaculada Conceição, nossa Padroeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: